Google apresenta seu formato para o 4K. Foto: flickr.com/photos/scobleizer.

O Google está desenvolvendo um novo formato de compressão, ou no termo mais específico, um codec para disponibilizar vídeos na resolução 4K em serviços de streaming para Smart TVs, celulares e PCs.

A empresa de Mountain View está trabalhando em conjunto com fabricantes de hardware como Sony, Toshiba, Samsung e Panasonic para fazer o novo formato, chamado de VP9, decolar. A informação é do TechCrunch.

O streaming com o novo codec, usando o YouTube, será demonstrado nos estandes das empresas durante a Consumer Electronics Show, feira que inicia nesta terça-feira, 07, em Las Vegas.

Por enquanto, o 4K, que apresenta uma resolução de 3840 x 2160 pixels, que corresponde a cerca de quatro vezes o Full HD, está restrito a discos de Blu-Ray.

"A partir de 2014 vocês verão produtos de grandes fabricantes de PCs, TVs e dispositivos móveis que usam um novo e mais eficiente formato de vídeo chamado VP9", disse Francisco Varela, diretor global de parcerias de plataformas na Google, em comunicado.

Para suportar o novo codec, as fabricantes também preparam o lançamento de GPUs e SoCs mais avançadas, permitindo que smartphones, tablets e PCs suportem o poderoso - e pesado - formato.

A Qualcomm e Nvidia já anunciaram seu suporte à resolução em seus chips. A Qualcomm, inclusive, anunciou o processador Snapdragon 805, que suportará vídeo em 4K e será usado em dispositivos da Samsung, LG, Nokia, Sony, Motorola e outras.

Por outro lado, o VP9 tem como rival o formato H.265, última versão da tecnologia High Efficiency Video Codec, e tem o apoio da International Telecommunications Union (ITU).

O formato, que já é usado em diversos arquivos no formato MP4, tem a capacidade de comprimir vídeos de alta resolução em arquivos mais leves. Em sua versão H.264, ele é capaz de gerar filmes de duas horas em arquivos de pouco mais de 2GBs.

No entanto, em uma comparação com o H.265, o Google afirmou que seu formato é mais leve. De acordo com uma demonstração feita pela própria empresa, o VP9 utiliza uma banda de 4Mbps para o streaming de seus vídeos, enquanto o rival fica nos 9.6 Mbps.