Smartphones podem ter queda nas vendas. Foto: flickr.com/photos/fx61.

O sucesso de vendas dos tablets e smartphones, que acumularam em 2013 uma receita de US$ 1,07 trilhão em todo o mundo, pode estar com seus dias contados. Segundo especialistas, em 2014 o mercado de eletrônicos terá um recuo de 1% em 2014, ficando no US$ 1,05 trilhão.

A previsão, feita pelo diretor de análise da Consumer Electronics Association, Steve Koening, tem a ver com o fato que foram estes dispositivos móveis que empurraram o crescimento do setor no ano que passou. Graças a eles, o segmento anotou um superávit de 3% em relação a 2012.

De acordo com o especialista, o preço médio dos aparelhos está caindo, e com isso o volume nas vendas não será capaz de compensar as quedas apuradas em outras categorias, como PC e outros equipamentos. A informação é do Valor.

Para o especialista, as economias mais aquecidas no consumo dos tablets e smartphones são as de países emergentes, como na Ásia, que estão buscando aparelhos de qualidade, mas com preços mais acessíveis.

Mesmo assim, conforme Koening, estes países já devem desacelerar seu consumo destes produtos. A expectativa é que as vendas avancem 2% neste ano, contra 9% em 2013.

Já nos países desenvolvidos, o diretor espera uma queda de 4% nas vendas, agravando o quadro de 2013, em que foi registrado um déficit de 2% acumulada em 2013.

“Nos EUA, por exemplo, as pessoas estão preferindo comprar um carro, um sofá, ou uma máquina de lavar roupa nova, ao invés de um eletrônico. O mercado precisa de um novo ciclo de inovação”, disse Koening.