Zynga agora aceita Bitcoin. Foto: reprodução.

A Zynga, criadora de games sociais como FarmVille e uma das principais desenvolvedoras mundiais no segmento, está aceitando pagamentos com a moeda virtual Bitcoin para as microtransações dentro de seus jogos.

Com a novidade, a companhia norte-americana, que registrou um faturamento de US$ 1,2 bilhão em 2012, se torna a primeira empresa de jogos eletrônicos a receber pagamentos com a criptomoeda.

Segundo informa o TechCrunch, a desenvolvedora aceita a moeda em troca de tokens para a aquisição de produtos virtuais em seus jogos FarmVille 2, CastleVille, ChefVille, CoasterVille, Hidden Chronicles, Hidden Shadows and CityVille.

Embora esteja funcional para todos os usuários, a Zynga afirmou via Reddit que a novidade é um teste, realizado em parceria com o BitPay, startup que quer se firmar como uma espécie de "Paypal do Bitcoin".

"A Zynga está sempre trabalhando para aperfeiçoar a experiência para o consumidor, incorporando aos jogos novidades sugeridas pelos usuários. Aguardamos a opinião de nossos jogadores sobre o teste com o Bitcoin", destacou a produtora no comunicado.

No momento, o teste é restrito aos usuários dos jogos da Zynga via PC, e não se aplica aos jogos mobile da companhia.

O movimento da Zynga em favor do Bitcoin é uma tentativa de reaquecer sua base de usuários, que teve uma queda de cerca de 50% desde que a companhia tirou seus jogos de dentro do Facebook, plataforma que inicialmente transformou a Zynga em uma potência do mercado de jogos, principalmente por conta do sucesso Farmville.

"A adição do Bitcoin pode não se traduzir em bilhões a mais em vendas, mas pode dar à empresa boa publicidade para investidores por conta inovação, assim como um pouco de credibilidade para os bitcoiners que desejam jogar um pouco", afirmou a analista do TechCrunch Ingrid Lunden.