Huawei cresce 70% em smartphones. Foto: divulgação/Huawei.

A Huawei, gigante chinesa do mercado de telecomunicações e tecnologia, anunciou seus resultados em 2015, indicando um crescimento de 70% em sua receita de smartphones, saltando para US$ 20 bilhões no ano.

De acordo com a BBC, a fabricante asiática creditou boa parte de seu crescimento à venda global de smartphones, que atingiu um recorde para a companhia, com 108 milhões de unidades vendidas, aumento de 44%.

O avanço da Huawei supera o das principais marcas do mercado, como a Apple, que cresceu 27% no período. No cenário atual, a Huawei tem um market share de 7% no segmento de smartphones, enquanto a Apple tem 11% e a líder Samsung tem 25%.

A empresa não deu números sobre seu faturamento de equipamentos de telecom para operadoras, também um negócio de alto valor para a fabricante. Em 2014, a receita total da companhia, entre produtos de consumo e equipamentos de telecom, somou US$ 46,5 bilhões.

Entretanto, devido à acusações de espionagem por meio do governo chinês, a companhia foi banida de projetos de telecomunicações em países como Austrália e Estados Unidos, um dos maiores consumidores neste mercado.

No Brasil, entretanto, a Huawei firmou diversas parcerias para telecom e outras iniciativas como smart cities. No final de 2015, a multinacional fechou um projeto com a Oi, para a modernização da rede móvel para a tecnologia Single RAN (Radio Access Network) nas redes 2G, 3G e 4G.

A companhia também assinou no ano passado um contrato com a TIM, para a implementação de um novo backbone de alta capacidade para ampliar a capacidade de transmissão da operadora.

Em 2014, a empresa teve um faturamento de US$ 1,5 bilhão no país, entre a venda de aparelhos celulares e equipamentos de telecomunicação.