Tony Scott. Foto: divulgação.

Tony Scott, atual CIO da VMware foi nomeado pelo presidente norte-americano Barack Obama como o novo líder do departamento de tecnologia do governo dos Estados Unidos.

Segundo informações do Zdnet, Scott atuará como o administrador do Governo Eletrônico, dentro do gabinete de gerência e orçamento (OMB, na sigla em inglês), entrando no lugar de Lisa Schlosser.

Scott entrou na VMware em 2013, já ocupando a cadeira de CIO global da marca. Antes disso, o executivo acumulou mais 35 anos no mercado de TI, sendo CIO de empresas como Microsoft e Walt Disney Company.

O desafio do novo CIO, segundo analistas, será entregar iniciativas de TI mais inteligentes por parte da Casa Branca, se alinhando com profissionais qualificados de TI e estabelecendo parcerias com empresas inovadoras.

No comando da TI do governo norte-americano, Scott terá acesso a um orçamento de até US$ 86,4 bilhões em 2016 - US$ 49 bilhões destinados a iniciativas não relacionadas à defesa - segundo as expectativas de gastos já divulgadas pela Casa Branca.

Um dos programas que devem ser continuados por Scott é o PortfolioStat, que adota práticas de desenvolvimento ágil, consolidação de data centers e virtualização para cortar custos e acelerar projetos.

Segundo apontam analistas, o papel de um CIO no governo norte-americano é recente, mas sinaliza uma tendência de que a gestão tecnológica também se aplica aos altos escalões de governo.

Scott é o quarto CIO federal na história do país. Antes dele e de Schlosser, a cadeira foi ocupada por Vivek Kundra, atual VP de mercados emergentes da Salesforce, e por Steven VanRoekel, ex-chefe da divisão Windows na Microsoft e atual líder de tecnologia na USAID, organização voltada ao uso de inovação no combate a epidemias como o Ebola.