A Ipiranga utilizou tecnologias da Linx para criar seu próprio sistema de automação. Foto: Divulgação.

A Ipiranga, uma das maiores empresas do segmento de distribuição de combustíveis do Brasil, fechou contrato com a Linx para utilizar tecnologias da empresa aplicadas ao segmento de postos para criar seu próprio sistema, o Automação Ipiranga by Linx.

O sistema possui todas as entregas da Ipiranga integradas (como o Programa Km de Vantagens, promoções, sorteios, etc.) e ampliará a interatividade com os consumidores. 

Além disso, o sistema realiza o gerenciamento integrado de todos os negócios do Posto Completo Ipiranga. 

Na primeira fase do projeto, mais de 490 postos tiveram a solução implantada. A Ipiranga está presente em todo o território nacional com mais de 7,5 mil postos. 

A marca também possui a maior rede de conveniência do Brasil, a Am/Pm, com mais de 2,1 mil lojas.

Com o conceito de Posto Completo, a Ipiranga busca oferecer, além de serviços do posto físico, algumas iniciativas digitais. A empresa possibilita a compra de crédito de combustível no Posto Ipiranga na web e fornece o ConectCar, que evita filas com a liberação de cancelas em rodovias e estacionamentos de shoppings.  

A Linx, empresa de software de gestão para o varejo, fechou o ano de 2016 com uma receita bruta de R$ 569,2 milhões, uma alta de 12% frente aos resultados do ano anterior.

Em novembro do ano passado, a empresa adquiriu a Intercamp, companhia de Campinas de softwares destinados à gestão e automação de postos de combustível e lojas de conveniência.

A compra foi a terceira da Linx no segmento de postos de combustível, unidade que vem ganhando espaço na empresa.

Postos de gasolina tem um lugar especial na estratégia de aquisições da Linx, que já comprou 21 empresas desde 2008. Essa é a terceira compra nesse segmento.

A primeira foi a Seller, por R$ 10,1 milhões em 2013. Em 2014 foi a vez da Rezende Sistemas, uma companhia sediada em Uberlândia com 4,5 mil clientes e faturamento de R$ 18 milhões em 2013.