Anderson Onzi (à direita) e os demais sócios da Devorando. Foto: Divulgação.

O Devorando, portal gaúcho de delivery de refeições, acaba de firmar união com o guia Hagah. No final de abril, o portal passou a contar com um canal de pedidos online situado no buscador, em que o usuário pode visualizar o cardápio completo do local de sua preferência.

“A parceria Hagah e Devorando surge para dar mais competitividade a seus parceiros, uma vez que entrega um grande diferencial as outras plataformas de pedido online”, ressalta o gerente de Planejamento Comercial do Hagah, Christopher Mayer. 

Para o Devorando, o movimento colabora com a meta de aumentar a carteira de clientes em mais de 160%, atingindo o número de 400 restaurantes ainda no primeiro semestre de 2015.

Fundado em 2013, o portal quer fecha o ano com mais de 500 restaurantes e 50 mil pedidos mensais.

A visibilidade do Hagah, o terceiro maior guia do Brasil, pode reforçar a marca de delivery gaúcha. O site conta com mais de cinco milhões de visitantes por mês. 

"O Devorando conta hoje com três vezes mais restaurantes no RS que o maior player nacional, o iFood", destaca Anderson Onzi, diretor Comercial da Devorando. Entretanto, a companhia não divulgou valores de faturamento.

Em fevereiro de 2014 a companhia fundiu suas operações com a Pediu Mordomo, outro serviço online de entrega de comida. Já em janeiro de 2015, comprou a Qual Delivery, portal de entrega com atuação no Vale do Sinos, região metropolitana de Porto Alegre.

O Devorando é uma das startups da Ventiur, aceleradora selecionada no programa Startup Brasil, e se encontra na fase Go Hard - etapa em que as empresas nascentes passam a receber o aporte financeiro necessário para alavancar ainda mais o seu negócio. 

Nos últimos dois anos, o mercado de delivery online teve grandes movimentações, com a chegada de players internacionais, assim como diversas fusões e aquisições.

Em 2014, os portais nacionais iFood e RestauranteWeb uniram suas operações, somando mais de 5 mil restaurantes em 60 cidades brasileiras. Seguindo com a marca iFood, a expectativa da empresa é alcançar o volume de 1 milhão de pedidos por mês ao longo de 2015.

Outra marca que investiu no Brasil foi a multinacional HelloFood, que no final de 2013 comprou o Peixe Urbano Delivery. Com a compra, a empresa já chegou ao mercado brasileiro com uma base de 2 mil restaurantes. Além disso, a Hellofood comprou no país os serviços JáNaMesa, EntregaDelivery e MegaMenu.

A Delivery Hero, startup alemã que está avaliada em mais de US$ 1 bilhão, também comprou diversas startups brasileiras no segmento, como a PedidosJá e Subdelivery.