Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior Sistemas.

Tamanho da fonte: -A+A

A Senior Sistemas, empresa de sistemas de gestão, acesso e folha de pagamento sediada em Blumenau, fechou o primeiro trimestre com uma receita de R$140 milhões, uma alta de 34% em relação ao mesmo período de 2020.

Os segmentos de destaque foram cloud, com 88% de crescimento; serviços, com 34% e software para gestão, com 24,5%.

Com isso, a companhia parece bem encaminhada para bater a meta de atingir a receita de R$ 550 milhões em 2021, o que significaria um incremento de 18% frente ao resultado do ano passado.

“Na Senior trabalhamos para levar o que de melhor existe hoje quando o assunto é software para gestão e tecnologia. Com esse olhar focado em inovação atendemos de forma estratégica mercados que crescem de forma acelerada no nosso cenário econômico, como por exemplo: logística, agronegócio, construção civil e e-commerce”, destaca o CEO da Senior Sistemas, Carlênio Castelo Branco.

No primeiro trimestre, a Senior fechou três novas aquisições: a Novasoft, uma empresa colombiana da área de software de gestão e a Alcis e a GKO, ambas no segmento de logística.