Comunicação dos políticos deve migrar com força para a internet nas próximas eleições. Foto: Reprodução

Na próxima semana, a Câmara dos Deputados deve votar alterações na Lei Eleitoral para autorizar completamente a pré-campanha em redes sociais, por exemplo.

Segundo o site Computer World, um grupo de trabalho que discute mudanças na legislação por meio de um anteprojeto para alterar o Código Eleitoral, a Lei Eleitoral e a Lei dos Partidos.

O objetivo é tornar livre a manifestação eleitoral pela web, com ou sem pedido de voto. Na proposta, permanecem proibidas campanhas pagas em sites de conteúdo

A ideia é autorizar páginas pessoais dos candidatos no período chamado de pré-campanha.

Em 2009, o Congresso deu um primeiro passo ao alterar a legislação eleitoral e dar entendimento de que comentários em blogs, redes sociais, etc, estariam permitidos.

Com, a alteração, os próprios candidatos poderão ter maior liberdade para utilizar as ferramentas da rede mesmo antes do calendário oficial da campanha.

As alterações devem ser votadas na Câmara na próxima terça-feira, 11.