Baguete
InícioNotícias> Hoje é dia de cobrar dívidas

Tamanho da fonte:-A+A

OPORTUNIDADE

Hoje é dia de cobrar dívidas

Maurício Renner
// sexta, 06/07/2018 06:55

O jogo do Brasil contra a Bélgica pela Copa do Mundo da Rússia nesta sexta-feira, 06, pode ser uma boa oportunidades para... cobrar dívidas por telefone.

Relaxado, brasileiro fica mais receptivo para pagar dívidas. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Pelo menos, é o que garante a Deep Center, uma empresa especializada em análise de dados para o setor de contact center, que olhou os números dos seus clientes para dias de jogos da seleção.

A taxa média de contatos por telefone que topam os acordos propostos para começar a pagar em 20 clientes da Deep Center com atuação nacional nos últimos três meses foi de 1,8% (não está fácil para ninguém pessoal).

No dia 22, no jogo que o Brasil venceu a Costa Rica por dois a zero, a taxa de conversão foi de 2%, um pouco acima da média. 

Na partida contra a Sérvia, última da primeira fase, o indicador registrou alta de um ponto porcentual em relação a taxa média, para 2,8%. 

O maior desempenho, porém, foi quando a seleção venceu o México, pelas oitavas de final. No dia, a taxa de conversão foi de 5%.

O indicador que mede as chamadas atendidas sobre a quantidade de tentativas, conhecido no jargão do setor como hit rate, também mostrou aumento quando comparado com a média nos dias que o Brasil entrou em campo. 

Nos três últimos jogos da seleção brasileira na Copa, contra Costa Rica, Sérvia e México, o indicador registrou taxa de 21%, 20% e 19%, respectivamente. A taxa média do hit rate é de 16,4%.

Gabriel Camargo, CEO e sócio-fundador da Deep Center, tem algumas teorias sobre porque isso acontece. Um fator é o fato das pessoas teoricamente estarem mais disponíveis para receber ligações ou com uma maior chance de estarem em casa e atenderem o telefone fixo.

"Percebemos que no contato ativo os devedores estão mais receptivos e relaxados, diferentemente do que imaginávamos", complementa Camargo. Fica o recado: se beber, não negocie suas dívidas.

A Deep Center foi fundada em 2015 por Camargo, um executivo vindo da área de tecnologia da System Interact, uma empresa do setor de cobrança que hoje está entre seus clientes, junto com nomes como Yamaha, Omni, Grupo DNR, CobCred, CBMax e Grupo Multicobra.

Maurício Renner