André Becker e José Albrecht.

Começa a operar em setembro o Zap Saúde, um portal de agendamento de consultas médicas que quer capitalizar em cima do número cada vez maior de brasileiros com dinheiro para investir na própria saúde.

Inicialmente, a empresa vai oferecer agendamento de consultas com dentistas do Rio Grande do Sul, vistos pela companhia como o mercado com maior potencial, mas a ideia é incluir novas regiões e especialidades à medida que a demanda cresce.

“Em alguns anos, todos os agendamentos de consultas médicas serão feitas pela Internet”, prevê José Albrecht, gerente de Marketing da startup.

A meta é atingir 250 mil agendamentos nos primeiros 12 meses do site, gerando uma receita de R$ 22,5 milhões no primeiro ano de atuação.

Do dinheiro, a empresa vai colocar no bolso uma porcentagem não revelada cobrada sobre a primeira consulta em cada médico dos usuários sem cobertura de plano de saúde, estimados em 20% do público atual na área. Para quem tem plano, não se cobra comissão.

Para o público, a vantagem é ter um ponto único de pesquisa de serviços ligados à saúde. Para os profissionais, é ter acesso a mais clientes potenciais a um custo pequeno, oferecendo a possibilidade pagamento adiantado no cartão ou boletos, além de um software para organizar os agendamentos.

“Nossa estimativa é que um consultório fique 30% do tempo ocioso, o que é um peso grande para quem está começando”, avalia André Becker, diretor de operações da Zap Saúde, hoje incubada na Raiar da PUC-RS.

Becker tem um background na área de TI, com passagens como gerente de projetos na Pure Bros e Conectt, além de atuação na consultoria de qualidade Software Process.

Completam a equipe Gustavo Disarz, o gerente de TI, profissional com passagens por Dell e Epcos e o gerente de Marketing José Albrecht, também diretor de Marketing da Agência Purple.  

O desenvolvimento de software da empresa é feito de forma terceirizada na Argentina.