Fernando Corbi. Foto: divulgação.

A Infor segue na missão de alavancar sua política de canais na América Latina. Para isso, cerca de oito meses após a contratação de Leila Araújo, a empresa troca de novo e traz Fernando Corbi, ex-SAP para ocupar o cargo de diretor de canais Latam e Caribe.

Corbi, que nos últimos cinco anos liderava o setor de canais e ecossistema da SAP no Brasil, terá a missão estabelecer uma cultura de canais na fabricante de ERP. A mudança de cargo foi divulgada pelo próprio executivo em seu Linkedin.

Engenheiro eletrônico formado pela USP e com MBA em marketing pela universidade de Indiana, Corbi foi também country manager da BusinessObjects, companhia de BI comprada pela gigante alemã, e teve passagens por empresas como Oracle, JD Edwards e Itautec.

Não é de hoje que a Infor passa por trancos e barrancos para emplacar sua estratégia continental vendas indiretas.

No início de 2012, a companhia  anunciou a contratação de Cristiano Gregorius, ex-Totvs, para assumir a área de canais, com meta de atingir o objetivo programado em 2011 de aumentar a participação das vendas indiretas de 25% para 50% em três anos.

Em janeiro, foi a vez de Leila Araújo, ex-gerente de desenvolvimento de canais da RSA, que ficou cerca de seis meses e saiu para assumir o posto de diretora de canais da OpenText.

Em abril, a Infor incluiu às suas fileiras o ex-Oracle Ivamar Sousa para a vice-presidência de vendas na América Latina.

A chegada de Corbi é mais uma aposta para acelerar o crescimento no Brasil e no continente em suas vendas indiretas, como preconizou o presidente global da empresa, Stephen Scholl, no ano passado.

À frente dos canais da SAP Brasil, Corbi colaborou para subir o índice de crescimento nas vendas indiretas para 46%, adiantando a meta da multinacional de cruzar a barreira dos 40% até 2015.

A Infor é uma grande empresa no mercado internacional de ERP, onde divide a terceira colocação global com a Sage - ambas com 6% do share - atrás das gigantes SAP (25%) e Oracle (13%). A informação é da Forbes.

No Brasil, segundo dados da FGV, a Infor tem uma presença tímida, figurando em quarto lugar no ranking, com estáveis 5%, atrás da Oracle, que tem 13%. A SAP, com 28% do share, e a Totvs, com 37%, ficam bem à frente no mercado.