20% das galinhas do mundo são abatidas pela BRF. Foto: flickr.com/photos/timothymorgan

A T-Systems assinou um contrato de fábrica de software com a  BRF, empresa criada pela fusão da Perdigão e Sadia com faturamento de R$ 28,5 bilhões em 2012.

O acordo atende todas as áreas da BRF e envolve serviço de apoio e manutenção contínua, funcionando como uma célula dentro da corporação para desenvolvimento de aplicações nas linguagens em ABAP, Cold Fusion, Java, .NET e outras, revela nota da empresa do  grupo Deutsche Telekom, sem citar valores.

“Com este contrato a BRF visa enviar 100% de suas demandas de desenvolvimento para industrialização em fábrica de software”, revela Alberto Conde, gerente de Industrialização de TI da BRF.

De acordo com o executivo, a companhia avaliou propostas de 20 fornecedores de TI e pesou a favor da T-Systems a “comprovada expertise em processos de fábrica de software, aliada a cultura de robustas metodologias voltadas à qualidade”.

A BRF é uma das maiores companhias de alimentos do mundo, quinta maior exportadora brasileira, e responsável por 20% do comércio mundial de aves.

A T-Systems tem 11 escritórios e mais de 2,3 mil colaboradores no Brasil. A companhia fechou 10 novos contratos de outsourcing no Brasil no ano passado, dobrando o número total.

O empresa cresceu 8% em 2012 e tem a expectativa de fechar esse ano com 20%. O primeiro trimestre viu alta de 30%.

Com presença em mais de 20 países, e cerca de 52,7 mil colaboradores, a T-Systems registrou um faturamento de 10 bilhões de euros em 2012.