Cláudia Abreu.

Cláudia Abreu, executiva que foi gerente de canais na Microsoft entre 2001 e 2008, acaba de assumir como CEO da Mundo Verde,  maior rede de produtos naturais e orgânicos da América Latina.

A executiva ocupará a posição de Charles Martins, sócio da empresa que esteve à frente da empresa nos últimos cinco anos. Martins passa a presidir o conselho de administração.

Pode parecer uma grande mudança na carreira, mas não é tanto assim: depois de sair da Microsoft, Abreu entrou na área de marketing, tendo atuado em cargos de diretoria e gerência em marcas como Joge Lingerie, L'Oreal e Kipiling.

Inclusive a experiência na Microsoft, uma companhia com um grande canal de vendas, pode ser útil no novo cargo.

“O Mundo Verde é referência em alimentação saudável no país e conta com grande força no franchising brasileiro. Temos um grande desafio pela frente e planejamos ampliar a presença da nossa rede no país, sempre mantendo um excelente relacionamento com os franqueados que acreditam em nosso negócio”, afirma Abreu.

Atualmente, o Mundo Verde conta com 400 lojas distribuídas em 23 estados brasileiros e no Distrito Federal. A rede faturou R$ 580 milhões em 2018 e a estimativa é de encerrar 2019 com crescimento de 25% em receita, além de 450 lojas.