Alunos terão acesso aos programas em até cinco dispositivos diferentes. Foto: Gil C/Shutterstock.com

A Laureate International Universities, grupo de ensino superior dono de 12 instituições no Brasil, fechou um acordo com a Microsoft para dotar mais 89 mil estudantes de contas de Office 365.

Serão beneficiados alunos da UniNorte (AM), FPB (PB), UnP (RN) e FG (PE). Eles terão acesso aos programas Word, PowerPoint, Excel, OneNote e Outlook em até cinco dispositivos diferentes.

Esta é a segunda fase do programa, que começou com 37 mil alunos na Anhembi Morumbi, a maior instituição da Laureate no país. Nessa ocasião, a parceira responsável pela implementação foi a Brasoftware.

Em nota, a Microsoft não divulgou quem foi o parceiro nessa ocasião.

“Acreditamos que um programa como o Student Advantage agrega muito valor ao aprendizado dos nossos estudantes, já que eles utilizam a tecnologia em prol do conhecimento”, afirma o professor Oscar Hipólito, diretor acadêmico da Laureate Brasil.

A orientação estratégica da Laureate, hoje dona de 12 instituições de ensino superior no Brasil é criar sinergias entre as diferentes operações, como mostra a adesão no atacado ao Student Advantage.

Também existe uma relação entre as partes além da área educacional. A Microsoft está implementando o Office 365 nas áreas internas das instituições, o que já foi feito na Unirriter e Fadergs para 1,2 mil contas.

A Laureate não abre o número de alunos por unidades, mas Douglas Becker, CEO mundial da empresa, revelou recentemente para a Exame que tem no Brasil cerca de 25% dos seus 800 mil alunos em nível mundial.

De acordo com a Exame, o faturamento da Laureate é de US$ 3,5 bilhões e a empresa tem por trás sócios como o fundo de private equity KKR, o Banco Mundial e a Universidade de Harvard.

No meio do ano passado, a Laureate mostrou seu poder de fogo adquirindo a paulista FMU por uma bolada estimada no mercado de educação em R$ 1 bilhão.