Sede campestre do Clube Dores. Foto: divulgação.

O Clube Recreativo Dores, tradicional associação de Santa Maria, no interior gaúcho está implantando o sistema Gestão Empresarial da desenvolvedora catarinense Senior.

A implantação, que deverá beneficiar direta e indiretamente cerca de 400 funcionários do clube fundado em 1980, começou em dezembro e deve ter sua primeira fase concluída em abril.

De acordo com Fernando da Silva, gerente de produto da Serior, os processos de negócios da entidade serão todos adaptados ao novo sistema e seus usuários serão treinados.

Já cliente do sistema de gestão de pessoas da Senior, o clube inicia a fase, agora, de integração das áreas de faturamento e outras saídas, eliminando retrabalhos e melhorando os processos.

"Acredito que conhecer o nosso trabalho foi um fator decisivo na hora da escolha por uma solução completa de gestão", completa o gerente.

Conforme explica o vice-presidente executivo do Clube Dores, Camilo Cervo, antes eram usadas diferentes ferramentas de controle nos processos administrativos, o que acabava sendo pouco produtivo.

"Por esse motivo, decidimos buscar uma ferramenta capaz de unificar as operações de forma segura para nos dedicarmos ao nosso planejamento e ao nosso crescimento", pontua.

Fundado em 1980, o Clube Dores tem duas sedes, a central e a campestre, com dependências como quadras de tênis, campos de futebol sete, canchas de bocha, piscinas, saunas, academia, ginásio, além de biblioteca e centro histórico.

Já a Senior, fundada em 1988 em Blumenau, possui filiais em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Pernambuco e conta com cerca de 3 mil colaboradores. Atualmente, mais de 10 mil clientes compõem sua carteira.