Sérgio Ferreira, Fernando Riva e Marcelo Santos, sócios da Iteris.

A Iteris, empresa de desenvolvimento de software sediada em São Paulo, fechou o ano passado com um faturamento de R$ 100 milhões, uma alta de 37% frente aos resultados de 2019.

A companhia atingiu a marca de 100 clientes, incluindo nomes como Rede, Aché, Embraer, Votorantim e Via Varejo. 

Os projetos incluem ciência de dados, gestão de nuvens, automação de processos e gestão de projetos, usando tecnologias de parceiros como Microsoft, Qlik, Tableau, SnapLogic e Roff.

Fundada em 2009 por Fernando Riva e Marcelo Santos, dois ex-colaboradores da área de TI da farmacêutica Janssen Cilag e Sérgio Ferreira, um ex-gerente de projeto da ProIT, a Iteris saltou no período de dois para 400 colaboradores.

“Certamente, a gestão de pessoas de forma estratégica é um dos grandes desafios para o segmento de TI no Brasil. Nós conseguimos antecipar esse contexto. Investimos muito para construir um modelo sustentável e altamente competitivo, que hoje se transformou em cultura organizacional”, esclarece Santos.

A Iteris tem agora planos internacionais, com a abertura de uma empresa em Seattle, nos Estados Unidos, comandada por Alberto Sutton, um executivo local que passou oito anos na Microsoft, chegando a ser gerente de produto senior global para produtos como Sharepoint e Office.

Sutton é brasileiro, mas mora nos Estados Unidos desde os anos 2000. O objetivo da nova Briteris, fundada neste ano, é atender filiais de marcas já atendidas no Brasil.