iFood investe para fornecer a sua quentinha. Foto: divulgação.

A iFood, startup desenvolvedora de uma plataforma de pedido online de comida, recebeu um aporte de R$ 5,5 milhões da Movile, empresa paulista de conteúdo e serviços móveis.

Fundada em 2011, a iFood registra cerca de 50 mil pedidos/mês em suas plataformas web e app móvel. A startup onta com cerca de mil restaurantes cadastrados nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Fortaleza, Santos Jundiaí e Campinas.

O cliente informa sua localização no site ou aplicativo para iOS ou Android, e o app levanta via geoposicionamento os locais mais próximos e as ofertas disponíveis.

Os pedidos por smartphone já forma uma grande fatia do público do aplicativo. Do total, 21% são efetuados via dispositivos móveis.

Para o CEO da iFood, o aporte servirá para agregar novas funcionalidades no aplicativo e expandir o atendimento da ferramenta para outras regiões do país.

"Queremos chegar a mais de 5 mil restaurantes e redes de alimentação até 2015", destaca o executivo.

COMIDA NO E-COMMERCE

O investimento na iFood reflete a forte tendência nos pedidos de alimentos via online. Conforme aponta um estudo do instituito Nielsen, esta prática teve um aumento de 44% desde 2011.

Segundo o levantamento, realizado com 29 mil pessoas em 56 países, 26% dos entrevistados usam frequentemente o smartphone com acesso à internet para pedir suas refeições.

"Com a parceria entre Movile e iFood, nosso objetivo é contribuir para o crescimento desse mercado. Esperamos que pelo menos 1 milhão de pessoas efetuem compras de comida por meio do smartphone até 2014 no Brasil”, diz Fioravante.