Operadora quer aumentar atuação no Norte e Nordeste. Foto: Divulgação.

A operadora global de satélites SES assinou nessa quinta-feira, 06, um acordo com a Telefônica Global Solutions para melhorar e ampliar o alcance dos serviços de voz e de dados móveis da Vivo nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. 

As ofertas de voz e dados serão entregues em hubs urbanos como Macapá e Boa Vista a fim de atender às maiores áreas metropolitanas da região da Amazônia. 

Com isso, a Telefônica vai usar a capacidade 290 MHz de banda C com o satélite NSS-7 para atender a cidades com pouca conectividade e áreas rurais fora do alcance.

Com cobertura na América Latina, o NSS-7, localizado a 20 graus Oeste, é ideal para serviços de telecomunicações, vídeo e banda larga. Ele também é um satélite principal para a distribuição de serviços de tráfego e de telecomunicações transatlânticos por toda a África.

Com conectividade de banda C, por meio de um backhaul móvel 2G, comunidades isoladas terão acesso pela primeira vez. 

"Os consumidores Vivo podem desfrutar de serviços de alta qualidade, mesmo em comunidades e regiões do Brasil que - até agora - eram carentes e fora de alcance", explicou Dolores Martos, vice-presidente de Vendas para a América Latina da SES. 

O acordo foi plurianual e de milhões de dólares, mas não foi informado ao certo o valor. 

"Este importante acordo com a SES representa um marco para a conectividade móvel em todo Norte e Nordeste do Brasil, uma vez que abre a porta para uma maior qualidade de voz e serviços de dados e às oportunidades que elas trazem para a região", disse Ignacio García-Comin, da Satellite and New Services Business Unit da Telefonica Global Solutions. 

A SES tem 55 satélites geoestacionários em sua frota. A empresa fornece serviços de comunicação via satélite para emissoras e fornecedoras de serviços de conteúdos e internet, redes operadoras de telefonia fixas e móveis, assim como para empresas e organizações governamentais.

A companhia possui participações no Ciel, no Canadá, no QuetzSat, no México, assim como uma participação estratégica na startup de infraestrutura de satélites O3b Networks. 

Entre as operadoras, a Vivo é a que tem a maior cobertura, atingindo 86,6%, seguida pela Claro, com 75,4%. A TIM chega a 68,2% dos habitantes e a Oi a 66,6%.

No mercado gaúcho a Vivo lidera com 41,1% do market share, seguida pela Claro (29,2%), Oi (16,8%) e TIM (13,8%), de acordo com o site Teleco.