Aplicativo da VOA Educação funciona como um assistente virtual para professores e equipe pedagógica. Foto: Divulgação.

A VOA Educação, startups de educação que busca auxiliar o professor na avaliação e desenvolvimento de competências humanas, foi selecionada pela MSW Capital para compor o portfólio do fundo BR Startups. A empresa receberá investimento de até R$ 800 mil.

Idealizado pela Microsoft, o Fundo reúne investidores como Microsoft Participações, Banco Votorantim, Monsanto (atualmente Bayer), Grupo Algar, Banco do Brasil Seguros, Qualcomm e AgeRio. 

Gerido pela MSW Capital, o BR Startups é um fundo de capital semente que investe entre R$ 500 mil e R$ 3 milhões.

A VOA Educação desenvolveu um aplicativo baseado em inteligência artificial que funciona como um assistente virtual para professores e equipe pedagógica. 

O sistema oferece um chatbot para o qual o educador relata informações sobre o dia a dia de cada aluno e de sua turma, como, por exemplo, se uma criança apresentou um comportamento agressivo, se foi solidária com um amigo ou se mostrou criatividade na resolução de um problema. 

“O Zeca vai aprendendo junto com o professor a reconhecer as competências do aluno para apoiar o time pedagógico no desenvolvimento dessas habilidades”, explica Tiago Neves, fundador da empresa.

Os dados coletados são organizados em um painel que mostra, em gráficos, o desenvolvimento dos alunos em dez habilidades humanas e gera um boletim socioemocional. 

A partir da visualização destas estatísticas, o professor pode montar planos de ações individualizados, que serão acompanhados pela família e educadores. A plataforma automaticamente busca formas de engajar os participantes na execução do planejamento.

“Pesquisas apontam que o desenvolvimento de habilidades socioemocionais é crítico para o sucesso dos alunos na vida. Considerando as últimas políticas públicas definidas pelo MEC, como o BNCC (Base Nacional Comum Curricular), a tendência é a demanda aumentar com a conscientização da família e a busca do mercado de trabalho por profissionais mais desenvolvidos neste aspecto”, reforça Neves.

O sistema da VOA Educação pode ser aplicado desde a educação infantil até o ensino médio. 

O Fundo BR Startups já investiu em 15 startups desde sua criação, em 2014.