Accenture tem o seu chatbot. Foto: divulgação.

A Accenture criou um chatbot de atendimento por meio do Facebook para a operação colombiana da Avianca.

Como manda a moda, o novo meio de atendimento foi batizado com um nome feminino: "Carla". 

O chatbot permite que os clientes confirmem itinerários e status do voo, localizem bagagem e até façam check-in para voos domésticos na Colômbia por meio de dispositivo móvel. 

Os viajantes ainda podem consultar o chatbot para obter informações sobre reembolsos de bilhetes, além de fornecer feedback em tempo real para o serviço de atendimento ao cliente da companhia.

Além disso é possível checar a previsão do tempo no destino e configurar alertas (não esquecer do passaporte, por exemplo). No futuro, a ideia é que a atendente possa traduzir palavras e frases básicas do espanhol para seis idiomas, incluindo inglês, japonês e chinês.

De acordo com nota da Accenture, trata-se de um dos primeiros assistentes virtuais a serem lançados na Colômbia, tendo sido desenvolvido em apenas seis semanas por uma equipe especializada em mobilidade baseada em Madri.

A gigante de consultoria não informa na sua nota se há planos para expandir o uso do chatbot para outros mercados atendidos pela Avianca, como por exemplo o Brasil, onde a empresa tem cerca de 10% do mercado, sendo o quarto maior player do país.

Carla esteve em exposição no estande da Accenture durante o Mobile World Congress 2017 em Barcelona. 

A intenção da Accenture deve ter sido mostrar que é competitiva em um mercado tomado por literalmente dezenas de startups oferecendo chatbots para todos os tipos de aplicações.