Aplicativo da Imed. Foto: Divulgação.

Gabriel Prestes, ex-coordenador do departamento de tecnologia da informação da Imed, acaba de assumir a função de gerente do centro de serviços compartilhados da instituição de ensino gaúcha.

Parte de uma reestruturação geral da Imed, o novo CSC assumirá as atividades de tecnologia da informação, infraestrutura, departamento financeiro e contábil, registros acadêmicos e central de atendimento.

Prestes entrou na Imed ainda em 2008, como supervisor de TI. Desde então, passou pelos cargos de analista (no qual foi gerente da implementação do sistema de gestão Totvs) e finalmente em 2013 coordenador de TI.

O profissional é hoje presidente do grupo de gestores de TI do Sul do Brasil - GTISUL, formado por gestores de departamentos de TI de empresas localizadas nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 

O CSC é uma de quatro gerências criadas, grupo que inclui também acadêmica, gerência marketing e comunicação e gerência de gestão de pessoas, focadas na gestão administrativa e acadêmica da instituição.

“As mudanças apresentadas preparam a IMED para a transformação em universidade e fortalecem a estrutura de gestão para os desafios do período 2018-2022”, afirma o diretor-geral da Imed, Eduardo Capellari. 

Fundada em Passo Fundo, a  Imed inaugurou recentemente um campus em Porto Alegre, com um investimento de R$ 12 milhões.

Criada no início dos anos 2000, a faculdade de ensino privada foi idealizada por 28 sócios, em sua maioria professores. A empresa faturou R$ 87 milhões em 2016 e tem 350 funcionários Hoje, a instituição atende a mais de 5 mil alunos.