Gravatá concentra uma população de 83 mil habitantes. Foto:flickr.com/photos/gjofili

Desde janeiro desse ano, a GVT  vem expandido sua cobertura no estado de Pernambuco, iniciando sua implantação em cidades como Gravatá e Vitória de Santo Antão. O investimento inicial é de R$ 13 milhões nas duas cidades.

Nas cidades, a empresa implantou rede de telecomunicações baseada em fibra óptica que permitirá um tráfego de dados de até 150Mbps. Além disso, também oferecerá TV por assinatura com canais HD além de telefonia fixa.

Para a expansão, foram instalados 9 mil pontos de banda larga, telefonia fixa e TV por assinatura. Na cidade de Vitória de Santo Antão, a cobertura inicial é de quase 70% da área urbana, atendendo cinco bairros da região pernambucana.

Em Gravatá a cobertura atinge 7 em cada 10 casas da cidade, também atuando em cinco principais bairro da cidade.

“A expansão para Gravatá e Vitória de Santo Antão reflete a importância da região no plano de ampliação da GVT no Estado”, afirma o diretor Regional da GVT, Jarbas Tiso.

Presente em Pernambuco desde 2009, a tele pretende ampliar sua cobertura no estado gradualmente. Esse modelo é adotado pela empresa para garantir a entrega de serviços de qualidade e o compromisso com a velocidade real de banda larga contratada pelo cliente.

Vitória de Santo Antão, localizada a 53 km da capital pernambucana, concentra 133 mil habitantes e é considerada a capital da Zona da Mata.

Gravatá está a 84 km de Recife e é conhecida como terra do Morango, além disso, concentra uma população de 83 mil habitantes.

Outras cidades como Recife,  Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista e Camaragibe na Região Metropolitana do Recife já contam com a infraestrutura da GVT. Recentemente a companhia expandiu para o agreste do Estado, chegando a Caruaru.