TELECOM

América Móvil: OSS com NEC e NetCracker

07/04/2015 10:37

América Móvil adota soluções da NEC e Netcracker. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A japonesa NEC e a NetCracker Technology foram selecionadas pela América Móvil para a adoção de uma solução de sistema de suporte a operações (OSS, na sigla em inglês).

Segundo destacam as fabricantes, as soluções serão implementadas em todas as operadoras do grupo na América Latina, o que envolve Argentina, México, Colômbia, República Dominicana, Porto Rico e Brasil, onde controla a marca Claro.

A NetCracker substituirá os sistemas de inventário de legado e entregará uma ampla variedade de recursos de OSS em framework próprio, incluindo inventário, conciliação, outside plant, gestão da informação, gerenciamento de pedidos, inventário de serviços, gestão de ativos e planejamento e design de rede.

Com o processo, de investimento não aberto, a multinacional de telecom implementará uma rede de longa distância internacional em toda a região, atendendo a todos os seus 290 milhões de clientes.

"Este programa de transformação em grande escala é parte da iniciativa da AMX de consolidar e padronizar plataformas de OSS para todas as suas operadoras na América Latina, de forma a acelerar seu time-to-market, proporcionar mais agilidade nos negócios e entregar aos clientes uma experiência incomparável", afirmou a América Móvil em nota.

Além disso, a empresa pretende automatizar a decomposição do serviço no momento de sua atribuição e ativação nos países da região, assim como criar um inventário centralizado e atualizado de informações físicas e lógicas.

"A NEC no México fez grandes avanços no desenvolvimento de seu modelo de negócio e estamos muito satisfeitos de concluir esta jornada com um projeto desta magnitude, que nos fortalece como integrador de soluções de negócio. Este é mais um degrau no relacionamento de longa data entre a AMX e a NEC”, disse Enrique Leiva, presidente da NEC de México S.A.  

Veja também

Qualcomm e América Móvil juntas em widgets
A América Móvil anunciou na terça-feira, 27, acordo para implementação da solução Plaza Mobile Internet da Qualcomm.

A novidade atingirá 190 milhões de assinantes nas 18 operadoras da empresa na América Latina.

O Plaza Mobile Internet é uma plataforma de widgets que permitirá à América Móvil prover a seus usuários acesso a conteúdos personalizáveis da Internet em dispositivos móveis.
Brasil é aposta da América Móvil para crescer

A mexicana América Móvil, grupo do setor de Telecom que tem Carlos Slim como maior acionista, pretende ampliar sua participação no mercado brasileiro como estratégia para ampliar suas receitas na América Latina.

No Brasil, a aposta da companhia está em serviços de telefonia móvel pós-paga, por meio da Claro, e TV via satélite.

BACKBONE
América Móvil: R$ 1 bi em cabo até o Brasil

Cabo reforçará a rede de transmissão da empresa, passando em 3 continentes e 7 países, incluindo o Brasil.

R$ 8,4 BILHÕES
América Móvil cresce no Brasil no 3T13

O destaque foi a Claro, somando uma receita de R$ 3,3 bilhões impulsionada pelos serviços com dados móveis, que tiveram um aumento de 25,1%.

MAIS DO QUE O ESPERADO
América Móvil lucra US$ 1,3 bilhão no 4T13

Companhia teve crescimento de 10,9% na receita total no Brasil.