Luiz Fernando Ferreira, diretor da Somos, e Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior. Foto: Divulgação.

A Senior, fabricante de sistemas de gestão, folha e controle de acesso de Blumenau, comprou a operação do seu canal de distribuição Somos Tecnologia em Caxias do Sul.

A Somos seguirá atuando com outras ofertas em Florianópolis, incluindo a oferta de cloud computing da IBM e monitoramento de servidores em parceria com a WorkDB Tecnologia, entre outros.

Com a negociação, a Senior assume o atendimento dos cerca de 80 clientes da Somos, um faturamento anual estimado em R$ 2,2 milhões.

Os clientes incorporados à base incluem a Miolo, líder no mercado nacional de vinhos finos, a Colombo, grupo varejista gaúcho, a estatal municipal de processamento de dados de Porto Alegre, a Procempa e a Schio Agropecuária, uma das maiores produtoras de frutas do país.

De acordo com a nota da Senior, o negócio é uma oportunidade de ampliar a presença da companhia na serra gaúcha, muito forte em setores estratégicos como metal mecânico, industrial (bebidas, alimentos e transportes), mobiliário e agropecuário. 

“Certamente vamos contribuir com o crescimento da economia em toda região”, afirma Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior.

A economia da região da serra gaúcha precisa de qualquer ajuda que puder receber. Caxias do Sul, principal cidade da região e segundo maior município do Rio Grande do Sul, vem apresentando números assustadores. 

A queda do PIB na cidade, que já havia sido de 7,3% em 2014, bateu em 18,7% no ano passado.

Frente aos números, talvez a Senior tenha adquirido o seu canal pensando em investir para manter a base, de olho em uma recuperação futura.

A Senior vem fazendo compras de canais faz tempo. Em 2013, levou a PMS Informática, canal sediado em Indaiatuba, no interior de São Paulo que no ano anterior havia faturado R$ 25 milhões, 20% do resultado total da Senior na época.

No final de 2011, a empresa adquiriu a totalidade da divisão Senior da Ruá, empresa sediada em Porto Alegre que atuava como revenda no Rio Grande do Sul.

A Senior fechou o ano passado com uma receita consolidada de R$ 224 milhões, uma alta de 16% frente ao ano anterior.

No período, a Senior registrou EBITDA de R$ 40,7 milhões (25% a mais do que o registrado em 2014).