Andrea Pirondini, diretor de operações do Prysmian Group. Foto: Divulgação.

O Grupo Prysmian, focado em cabos para energia e telecomunicações, anuncia a criação de um novo Centro de Excelência Mundial no Brasil. O projeto conta com investimentos que somam cerca de R$ 150 milhões.

A empresa construirá o Centro de Excelência Mundial da Prysmian no Brasil dentro de sua unidade em Sorocaba. A previsão do grupo é iniciar as operações no final de 2018.

O objetivo do centro é ser um polo competitivo para atender o mercado nacional de fios e cabos, bem como para ampliar as exportações das atuais linhas de produtos. 

“Os investimentos nessas novas instalações mostram o compromisso da Prysmian com os mercados brasileiro e sul-americano e a disposição em buscar um crescimento ainda maior nessas regiões”, comenta Marcello Del Brenna, CEO da Prysmian na América do Sul. 

A proposta do grupo é ampliar a participação da companhia nos mercados brasileiros, bem como aumentar o nível de competitividade nos países do Cone Sul. 

O novo centro vai abrigar toda a estrutura da unidade da empresa em Santo André e terá instalações na área industrial e no prédio administrativo, unificando as operações. 

“O investimento no Brasil é parte do plano estratégicos da empresa para melhorar as nossas capacidades operacionais globais, tornando-se ainda mais eficiente e competitiva”, declara Andrea Pirondini, diretor de operações do Prysmian Group.

A Prysmian está presente desde 1917 no mercado sul-americano e tem unidades na Argentina, Brasil e um centro de distribuição no Chile, além de escritórios comerciais. 

Estabelecida no Brasil desde 1929, a companhia tem 25% de market share e sete unidades fabris localizadas em Santo André, Sorocaba (três fábricas), Vila Velha, Cariacica e Joinville.