TELAS

Gazin compra 3 mil smartphones Nokia

07/04/2021 09:53

Varejista decidiu trocar tablets usados pelos vendedores por celulares com tela grande.

Quem não se lembra desse teclado? Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

A rede varejista Gazin fechou a compra de 3 mil celulares Nokia 5.3 para distribuir para os seus vendedores em 300 unidades espalhadas pelo país.

O Nokia 5.3 é um modelo médio, com sistema operacional Android e display de 6.55 polegadas. O preço no varejo fica entre R$ 1,3 mil e R$ 2,1 mil.

Em valores de mercado, a Gazin comprou entre R$ 3,9 milhões e R$ 6,3 milhões em celulares. Mas é provável que o preço tenha sido menor, já que a negociação foi direto com a fabricante.

“Antes, os nossos vendedores utilizavam tablets, que tinham as telas grandes e a bateria não durava muito. O Nokia 5.3 foi escolhido por conta do design, bateria de longa duração e um processador adequado para o funcionamento dos apps de trabalho”, afirma Júlio Silva, gerente geral do varejo da Gazin.

Também contaram pontos a velocidade nas atualizações de segurança e de software - atributo confirmado pela Counterpoint Research, que colocou os aparelhos da marca como líderes neste quesito pelo segundo ano consecutivo.

A Gazin surgiu de uma pequena loja inaugurada em Douradina, interior paranaense, em 1965, e hoje tem unidades no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre, Amazonas, Pará, Bahia, Goiás e Tocantins.

A empresa tem cinco indústrias de colchões e estofados, uma indústria de molas, um dos maiores atacados do País e 21 centros de distribuição de mercadorias. A empresa está no top 10 do varejo brasileiro, com um faturamento na casa dos R$ 4,2 bilhões.

Os celulares foram vendidos pela HMD Global no Brasil, empresa que se denomina “casa dos smartphones Nokia”.

Formada em grande parte por ex-executivos da Nokia, a empresa comprou da Microsoft os direitos de uso da marca Nokia em 2016.

A Microsoft, como vocês devem lembrar, comprou a Nokia em 2014 numa tentativa de criar uma presença em celulares que não deu certo.

A HMD terceiriza a fabricação dos aparelhos com a Foxxconn e fechou um acordo com o Google para usar o Android nos smartphones.

Veja também

VAREJO
Centauro controla cadeia de suprimentos com Mojix

A companhia de artigos esportivos implantou a solução Mojix ytem, baseada na tecnologia RFID.

E-COMMERCE
Nuvemshop recebe aporte de R$ 500 milhões

Rodada foi liderada pelo fundo Accel Partners, que já investiu em empresas como Facebook, Slack e Spotify. 

COMANDO
Angelo Guerra é o novo CEO da NEC no Brasil

Executivo era vice-presidente da empresa desde 2019, quando veio da Nokia.

ESTUDOS
Nokia e WEG lançam projeto voltado à indústria 4.0

Empresas vão testar simultaneamente uma rede 5G e uma convencional em fábrica catarinense.

CARREIRA
Ex-Nokia é nova gerente de RH da Trend Micro

Com mais de 20 anos de experiência, Janaina Korus também atuou na Siemens.

CONTRATAÇÃO
Nokia tem novo head de marketing no Brasil

Felipe Garcia vem da Bemobi e tem histórico como diretor e vice-presidente de companhias.

TELECOM
Nokia ativa rede 5G com Americanet

Anatel autorizou as empresas em caráter de teste e pesquisa para as experimentações.

TELECOM
Oi Fibra anuncia chegada a São Paulo

Lançamento está previsto para o segundo trimestre de 2021. Mercado é dominado pela Vivo.

MENSAGENS
Zenvia une operações com D1

Contrato foi firmado nesta quinta-feira, 25. União deve ser concluída até o final do segundo trimestre.

AQUISIÇÃO
Magalu compra Steal The Look

Portal é especializado em conteúdo comprável de moda e beleza, além de ter site sobre carreira feminina.

MOVIMENTO
Comelli, ex-Compwire, está na Salesforce

Executivo tem passagem ainda por Oracle, Dell e IBM.