A TAM migrará para a tecnologia do SabreSonic CSS. Foto: Divulgação.

O LATAM Airlines Group, grupo de companhias aéreas do qual a TAM faz parte, selecionou o Sabre Corporation como seu fornecedor de sistema de reservas e check-in, além de soluções que otimizam as operações.

Com isso, a TAM volta para o sistema que deixou de usar em 2009, quando realizou uma migração de Sabre por Amadeus como provedor de soluções tecnológicas e sistemas. Com a compra da TAM pela LAN, em 2010, por US$ 3,8 bilhões, a brasileira passou a depender dos planos da chilena.

Em 2012, a LAN e suas afiliadas implementaram o sistema de reserva de passageiros SabreSonic Customer Sales & Service (CSS). Como parte do novo acordo, a TAM migrará para a tecnologia do SabreSonic CSS, criando um sistema unificado de reservas para todo o Grupo LATAM. 

Além de implementar o SabreSonic CSS, o grupo terá acesso a soluções para planejamento comercial, gestão de revenue e projeção de malhas aéreas, por meio do portfólio Sabre AirVision. 

A implementação também inclui um conjunto de soluções para gestão de tripulações e aeroportos, escala e operações de voos.

Essa não é a primeira troca de tecnologia na TAM em função da aquisição da LAN. No início do ano passado, a companhia aérea iniciou o processo de migrar o seu sistema de gestão da ferramenta da Oracle para a SAP.

Na época, a empresa confirmou a existência do projeto, mas não fez maiores comentários. A migração também tinha o objetivo de unificar o sistema de gestão com a LAN, que usa ERP da SAP. 

O Grupo LATAM, composto pela LAN Airlines no Chile e suas afiliadas no Peru, Argentina, Colômbia e Equador, além da TAM, atende mais de 67 milhões de passageiros por ano com uma rede de 135 destinos em todo o mundo. Em 2014, a receita do grupo somou US$ 12,5 bilhões, retração de 6% em relação a 2013. 

A Sabre tem sede no Texas e opera escritórios próprios em aproximadamente 60 países. Em 2014, a empresa registrou US$ 2,6 bilhões em faturamento, um crescimento de 4,3% em relação ao ano anterior.