A Conductor possui mais de 150 empresas clientes com 25 milhões de cartões ativos. Foto: Pexels.

A Conductor, empresa de tecnologia em meios de pagamento, adotou a plataforma omnichannel da D1 para aumentar engajamento com clientes e diminuir extravio no envio de faturas físicas.

Segundo a Conductor, suas empresas clientes estavam tendo dificuldades no engajamento com os clientes finais, os usuários dos cartões. 

Essa falta de envolvimento fazia com que as despesas com envios de comunicados por correio fossem quase que desperdiçadas, enquanto as mensagens enviadas de forma digital também tinham pouca taxa de abertura.

O seu maior problema, no entanto, era o envio da fatura física. Como cada cliente da Conductor era responsável por emitir a fatura de sua base de contatos, isso trazia gastos muito altos e o recebimento dos documentos nem sempre era eficaz.

A empresa decidiu, então, centralizar toda a operação de impressão, envio de faturas físicas e digitais na plataforma da D1, onde as emissoras poderiam ter o controle geral da operação, além da interação dos clientes. 

No painel de controle desenvolvido no projeto, as emissoras têm autonomia para enviar mensagens em diferentes canais ao mesmo tempo e ainda conferir o índice de recebimento. Todas as informações ficam concentradas e quantificadas.

Se um cliente opta por receber sua fatura por email, o emissor é notificado caso a mensagem não seja aberta. Mas antes de tomar qualquer providência, o próprio sistema atua de acordo com ações pré-programadas, como um reenvio por SMS, ou um lembrete via email.

Segundo um levantamento do Distrito Dataminer com dados do Banco Central, os meios digitais já estão na frente do dinheiro em papel no que diz respeito ao volume financeiro transacionado.

O estudo revela que os valores movimentados em cartão equivalem a 41,5%, enquanto os pagamentos em dinheiro representam uma parcela de 36,5%.

Fundada em 1997, a Conductor possui mais de 150 clientes, com 25 milhões de cartões ativos e mais de R$100 bilhões processados anualmente. A empresa tem crescimento médio de 50% ao ano desde 2012.

Já a D1 foi criada ‌em‌ ‌2012 e ‌foi‌ selecionada‌ ‌pela‌ ‌Endeavor‌ Global ‌para‌ ‌fazer parte‌ ‌do‌ ‌seu‌ ‌ecossistema‌ ‌de‌ ‌scale-ups ‌em‌ ‌2015. Entre os seus clientes, estão nomes como Via Varejo, Pernambucanas, Azul Seguros e Mapfre.