GESTÃO

DGT investe R$ 100 mil em ERP da Cigam

07/05/2021 10:00

Implementação começou há pouco mais de um ano e está sendo realizada de forma gradual.

A empresa é especializada em soluções de videomonitoramento. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A DGT, gaúcha especializada em soluções de videomonitoramento, softwares inteligentes, controle de acesso e plataformas para smart cities, investiu R$ 100 mil na adoção do ERP da Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial.

Com a plataforma anterior, que não foi revelada pela companhia, era preciso utilizar processos manuais e planilhas em Excel para tarefas críticas, como controlar o estoque, aferir custos e acompanhar o andamento dos trabalhos.

Assim, a DGT percebia dificuldades em visualizar com precisão o centro de custos e controlar entrada e saída de insumos. Além disso, lidar com arquivos manipulados por diferentes setores reduzia a confiabilidade na execução dessas operações.

A companhia decidiu, então, migrar para a solução que avaliou como mais aderente às necessidades operacionais e iniciou a implementação há pouco mais de um ano. Ela será realizada de forma gradual, até o sistema ser utilizado por todos os departamentos.

Segundo a empresa, já é possível mensurar ganhos da nova plataforma, como a visualização da movimentação financeira, da rentabilidade dos orçamentos e das projeções de fluxo de caixa, tudo em tempo real — mas os resultados poderão ser mensurados efetivamente após a implementação do módulo Business Intelligence. 

“O BI será a cereja do bolo e certamente será um grande diferencial competitivo”, afirma Henrique Bohnenberger, gerente administrativo da DGT.

O executivo conta que a plataforma anterior apresentava diversos gaps que dificultavam o trabalho, especialmente nos setores de orçamento, projetos e contabilidade. Além disso, era preciso trabalhar com uma terceira empresa para atuar como interface entre a DGT e o ERP.

“Trabalhamos com muitas licitações, que dependem de orçamentos assertivos, por isso, ‘enxergar’ just in time o fluxo dos materiais é crucial para alinhar o budget previsto com o valor efetivo do projeto”, explica Bohnenberger.

Na visão do gerente, a Cigam apresentou segurança nas demonstrações práticas, transparência na descrição técnica, usabilidade das soluções e garantia do atendimento às necessidades mais específicas da DGT. 

Uma delas é o módulo de gestão de projetos, que promete maior fidelidade na especificação de orçamentos e melhor controle do fluxo financeiro.

No mercado de software de gestão empresarial desde 1986, a Cigam possui uma das maiores bases instaladas de ERP do Brasil, sendo a primeira na região Sul do país e a quinta no território nacional. 

A companhia também oferece soluções em CRM, BI, RH, PDV e mobile. Atualmente, conta com mais de 5 mil clientes e 800 profissionais, mantendo uma taxa de fidelidade de 99,98%.

Sediada em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, a DGT atende cerca de 80 municípios gaúchos, além de outros estados brasileiros, como Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso e Pará.

A organização gera cerca de 120 empregos diretos e indiretos e prevê um crescimento acima de 200% em 2021, com projeção de faturamento na faixa dos R$ 100 milhões, ante os R$ 30 milhões contabilizados em 2020.

Veja também

CONTRATAÇÃO
Nasajon tem novo diretor comercial e de canais

Jean Claude de Jesus liderava operações e estratégia na Questor Sistemas.

DECISÃO
Carrefour migra para S/4 Hana

Rede de supermercados é um dos primeiros clientes do programa de incentivo Rise with SAP.

USINA
Unibras adota ERP da Cigam

A empresa comprou uma fábrica de biocombustíveis parada há quase 10 anos.

SISTEMAS
Quantiq tem suporte Rimini para S/4

Empresa é uma das primeiras a terceirizar o suporte do novo ERP da SAP.

AÇO
Gerdau Next adota SAP Business One

Software funciona integrado com o ERP mais parrudo da nave mãe.

SISTEMA
Itaúsa faz upgrade para S/4 Hana

Projeto é referência brasileira na adoção da solução completa, afirma SAP.

TMS
Senior compra GKO Informática

Esta é a terceira aquisição da empresa neste ano, além de ser a sua quarta no segmento de logística.

GESTÃO
Testes são chave para implantar ERP

O ideal é executar três ciclos de testes, cada um deles com objetivos distintos

CERRADO
Seidor Brasil abre em Goiânia

Novo escritório deve reforçar a presença da parceira SAP no Centro-Oeste.

EMBALAGEM
Ibema vai implementar S/4 Hana

Projeto na fabricante de papel cartão começa em abril e terá consultoria da KPMG.