SEGURANÇA

EUA proíbe dispositivos sem bateria em voos

07/07/2014 15:33

Agentes de segurança do aeroporto poderão pedir aos passageiros que liguem seus aparelhos.

Carregar aparelhos no aeroporto pode ser fundamental. Foto: flickr.com/39908901@N06

Tamanho da fonte: -A+A

A agência de transporte aéreo dos Estados Unidos (TSA) anunciou no domingo, 6, que em determinados vôos internacionais para os Estados Unidos não serão permitidos dispositivos descarregados, ou seja, telefones celulares e computadores que não podem ser ligados.

Agentes de segurança do aeroporto poderão pedir aos passageiros que liguem seus aparelhos durante a triagem de segurança, o que pode significar mais demora para os viajantes. 

Segundo o Washington Post, a TSA já pede, eventualmente, que viajantes liguem seus laptops, presumivelmente para determinar se eles são reais e não um equipamento cheio de explosivos.

Não está claro como a agência pretende lidar com os passageiros que estejam com os aparelhos desligados e sem carregadores. 

O anúncio não informou o que vai acontecer com um telefone que não pode ser ligado, ou como o proprietário vai recuperá-lo, caso seja confiscado pela segurança do aeroporto.

Os viajantes que chegam aos Estados Unidos vindos da Europa e do Oriente Médio têm enfrentado uma segurança reforçada diante dos temores de que a rede Al-Qaeda esteja desenvolvendo explosivos indetectáveis, segundo a Exame.

Em geral, os artefatos são feitos à base de tetranitrato de pentaeritrina (PETN, em inglês). Da família da nitroglicerina, a substância química é um pó branco que funciona como potente explosivo - mesmo quando usado em pequenas quantidades.

O que os terroristas vêm fazendo é combinar o PETN e detonadores com a menor quantidade possível de metal em suas bombas. Para isso, usam o mínimo de fios e pensam artefatos cuja explosão depende de energia oriunda de outros dispositivos - como celulares.

Veja também

AVIAÇÃO
Lufthansa Systems: mais clientes no Brasil

A companhia já atendia as líderes nacionais, TAM e Gol, e somou a terceira colocada, Azul.

POWERMAT
Starbucks: bateria carregada sem fios

Empresa utiliza tecnologia de carga indutiva, que pode passar eletricidade entre objetos nas proximidades.

ATENDIMENTO
Sita leva Glass para aeroporto europeu

Óculos do Google foi utilizado em projeto para atendimento no aeroporto de Copenhague.

INVADINDO
Google: Android no corpo e nos carros

Gigante das buscas quer levar seu sistema operacional para o máximo de plataformas possíveis.

POUSOS E DECOLAGENS
Aeroporto de Joinville fechará menos

Em 2012, o aeroporto de Joinville liderou a lista dos mais fechados no Brasil, com 163 fechamentos.