Fábrica da Samsung em Campinas.

Tamanho da fonte: -A+A

A fábrica da Samsung em Campinas foi assaltada na madrugada desta segunda-feira, 7. De acordo com a Polícia Civil, cerca de trinta criminosos renderam funcionários e vigias e usaram sete caminhões para levar cerca de 40 mil produtos, entre tablets, celulares e notebooks. A mercadoria é avaliada em R$ 80 milhões.

Segundo a polícia, a ação começou quando funcionários da empresa que estavam em uma van foram rendidos em uma estrada. Eles foram levados para um local ainda desconhecido, e os criminosos usaram seus crachás de identificação para ingressar na fábrica.

A polícia afirmou que a quadrilha chegou à empresa por volta de meia-noite. Durante a ação, cerca de 200 funcionários do setor de distribuição da empresa ficaram sob poder dos assaltantes. 

Ao entrar na Samsung, o grupo rendeu inicialmente os seguranças do setor de distribuição e em seguida os vigias da portaria.Para a Polícia Civil, os criminosos tinham muitas informações sobre os procedimentos da empresa.

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), e imagens da Samsung, rodovias e da cidade são avaliadas em busca de pistas sobre suspeitos.

Por meio de nota, a Samsung disse que ninguém ficou ferido e que a empresa coopera "plenamente" com a investigação policial.