Ubirajara Maia.

A MV Sistemas acaba de disponibilizar o seu sistema de gestão de saúde na nuvem da Amazon Web Services.
 
A companhia já tem um cliente operando no modelo, mas não abre o nome.

O software segue sendo licenciado normalmente, apenas é oferecido hospedado na AWS. Está sendo criado um modelo de pagamentos mensais como serviço.

“A hospedagem na nuvem faz parte do objetivo estratégico da empresa de oferecer serviços cada vez mais eficientes aos clientes e suportar a nova geração da plataforma que está em desenvolvimento”, explica Ubirajara Maia, diretor corporativo de Sistemas da MV.

Maia destaca que a escolha pela AWS foi motivada, principalmente, pela presença na América Latina, um dos focos da MV no processo de internacionalização.

Essa não é a primeira experiência da MV na nuvem. Em 2014, a companhia lançou o Global Health, uma plataforma em cloud a partir da qual dados dos pacientes podem ser compartilhados com diferentes aplicativos.

A MV é uma das maiores empresas de software para saúde no país, tendo tido receita líquida de R$ 161 milhões em 2014, uma alta de 20% frente ao ano anterior.

Sobre o ano passado, a MV afirma que "superou expectativas", mas só divulgou a receita bruta (R$ 175 milhões), o que não permite calcular crescimento percentual.