Stone optou por uma estratégia inusitada. Foto: divulgação.

A Stone abriu uma concorrência para fornecedores (RFP, na sigla em inglês) para soluções em atendimento de clientes.

Em nota, a empresa informa que busca uma solução de atendimento integrado com um PABX que atenda canais de relacionamento com o cliente, como telefone, chat, e-mail, mídias e redes sociais.

Para se candidatar, entrar em contato pelo e-mail rc@stone.com.br até o dia 13 de julho, com proposta detalhada da ferramenta, orçamento, data para entrega, critérios de avaliação e responsabilidade da empresas. 

O documento deve estar no formato PDF, com o logo da empresa no cabeçalho e o endereço completo e telefone no rodapé.

A decisão da Stone de informar o mercado da existência de uma RFP por meio da imprensa é bastante atípica. 

Normalmente esses processos são conduzidos pelas companhias diretamente com os fornecedores. 

Isso costuma ser assim porque esse tipo de documento costuma ter informações consideradas confidenciais, o que não parece ser o caso da RFP da Stone.

A americana Stone tem entre seus controladores o fundo Arpex Capital, que tem como sócio Jorge Paulo Lemann, e o Banco Pan. 

Fundada em 2014, a Stone compete eu um mercado  dominado pelas empresas Cielo e Rede, que somam cerca de 90% do market-share.