Thomson Reuters conta com desenvolvimento de software da Ilegra. Foto: Westblog

A Ilegra, porto-alegrense especializada em soluções de TI, prestou mais de 40 mil horas de desenvolvimento de software no último ano para a unidade de Barcelona da Thomson Reuters, multinacional com sede em Nova York, operações em mais de 100 países e time de 60 mil colaboradores.

A companhia gaúcha atende ao cliente, que é especializado na análise e fornecimento de notícias e informações para profissionais dos mercados financeiro, legal, contábil, médico, de gestão, comércio exterior e outros, há mais de cinco anos.

Ao todo, o contrato com a Ilegra envolve as frentes de serviços, API & Manufaturamento e GUI (sistema próprio da Thomson, que é um front-end web consumido pelo serviço) para a área de Life Sciences Information, que oferece dados aos mercados farmacêutico e químico.

Para atender ao cliente, a Ilegra mantém uma equipe de desenvolvedores dedicada em Porto Alegre, que trabalha em conjunto com um time da Thomson na Espanha.

Além disso, há alocação periódica de profissionais gaúchos em Barcelona.

“A interação presencial permite que o conhecimento técnico e metodológico seja passado adiante, além de facilitar a relação”, Gerard Chiva Erill, gerente da área de Serviços de Desenvolvimento da Thomson Reuters,

Segundo ele, os projetos já trabalhados envolveram um mix de metodologias ágeis como Scrum, Kanban, XP e Lean.

“A pró-atividade de compartilhar conhecimento, aliada à capacidade técnica, formam a postura dos profissionais da Ilegra que passaram pela Thomson. A mentalidade de melhoramento contínuo é o que eles realmente nos ensinaram e também a forma de enxergar e fazer as coisas de forma diferente”, finaliza Chiva.

Com faturamento de R$ 4,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 23% frente o mesmo período do ano anterior, a Ilegra projeta fechar 2013 com R$ 16,5 milhões de receita, incremento de 10% sobre os resultados de 2012.