Paulo Fernando. Foto: divulgação

O Makro Atacado, bandeira do grupo holandês SHV (Steenkolen Handeis Vereeniging) com faturamento de R$ 6 bilhões anuais, segundo ranking do Ibevar, anuncia investimento de R$ 10 milhões ao longo de 60 meses em um contrato fechado com a T-Systems.

O atacadista, que afirma ser o maior de autosserviço do país, adquiru o pacote de serviços e soluções em nuvem Full Automation Store e contratou a empresa como única parceira de operação de TI, unificando um ambiente que até agora era misto, composto por 40% de profissionais próprios e 60% de equipes terceirizadas de cinco diferentes companhias.

“Este modelo confere uma perda enorme de sinergia, falta de controle e dificuldades no gerenciamento d os parceiros e da estratégia de TI”, explica o diretor de TI do atacado, Paulo Fernando.  “Com a T-Systems, toda a área de Serviços será de responsabilidade de uma única empresa, garantindo maior entrosamento”, competa.

Organização necessária para uma companhia que administra 77 lojas em 24 estados, a marca própria Aro, além de 71 restaurantes, 34 postos de combustíveis e 23 lojas Speciale (adega e empório).

Fernando conta que o processo de profissionalização da TI do Makro começou em 2012.

Como unificadora do processo, a T-Systems assume processos de service desk, field services, suporte a aplicações críticas, monitoração de infraestrutura e administração de sistema operacional.

Um projeto piloto também está em andamento em duas lojas, com solução para monitoramento de infraestrutura física, incluindo todos os equipamentos do PDV para evitar perda de produtos e gerir outros processos relativos ao atendimento ao consumidor.

O executivo de Vendas da T-Systems do Brasil, Moyses Rodrigues, destaca que para a fornecedora o desafio será transformar a TI do Makro em uma área orientada a serviços.

“O segmento de varejo está entre nossas prioridades. Já atendemos a empresas do setor como Lojas Leader, Dicico e Casa & Video”, comenta Rodrigues.

A T-Systems pertence ao grupo Deutsche Telekom, que fornece soluções de outsourcing de TIC e tem presença em mais de 20 países, empregando cerca de 52,7 mil colaboradores, com faturamento de € 10 bilhões em 2012.