Rodrigo Schiavini. Foto: divulgação.

A Stelo, empresa de soluções de meios de pagamentos digitais criada pelo Bradesco e o Banco do Brasil no início deste ano, firmou parcerias com a Fbits e Dotstore, duas plataformas nacionais de e-commerce.

Com as parcerias, a empresa, que deve entrar em operação oficialmente no final de outubro deste ano, passará a ser uma nova opção de recebimento e pagamento para as duas plataformas, conquistando um um alto volume de consumidores.

Com sete anos de mercado, a Dotstore conta com mais de mil empresas comercializando em sua plataforma. No mercado desde 2006, a Fbits tem empresas como Fnac e Marisa usando sua tecnologia de e-commerce.

Segundo Ronaldo Varella, presidente da Stelo, o acordo é muito importante para a companhia, contemplando duas grandes plataformas de e-commerce do Brasil.

"Com essas parcerias, ganhamos ainda mais presença de mercado, pois passamos a operar junto às principais lojas virtuais de grande, médio e pequeno porte do país”, afirma o executivo.

Para Rodrigo Schiavini, diretor de negócios da Fbits, a parceria com a Stelo trará muitas vantagens para os clientes da plataforma, garantindo a lojistas e consumidores uma experiência de compra ainda mais satisfatória e completa

"Além da segurança e da simplicidade que oferece ao processo de pagamento, a força do Bradesco e do Banco do Brasil certamente resultará em ainda mais vendas para nossos lojistas”, prevê Schiavini.

A expectativa da Stelo é alcançar R$ 2,5 bi em transações no mundo digital até 2016, com quatro milhões de usuários ativos, 500 varejistas de médio e grande porte até dezembro de 2014. Com essas parcerias, a expectativa é alcançar 30% da base de clientes.

A plataforma da Stelo irá armazenar, com segurança, os dados dos cartões de crédito dos compradores clientes da companhia e processar transações de pagamentos no comércio eletrônico. A solução será aberta e aceitará todos os cartões e diversos meios de pagamento.

Para o consumidor, a Stelo disponibilizará uma carteira digital, possibilitando o pagamento sem a necessidade de digitação dados pessoais e financeiros em cada fechamento de compra ou outras operações no e-commerce, bastando apenas um cadastro inicial.

Depois disso, as compras podem ser feitas apenas com um login na conta da e-wallet. De acordo com a empresa, além de de facilitar o processo de compra, a carteira digital permite que os dados do consumidor fiquem protegidos em um ambiente seguro.