Toshiba Glass. Foto: divulgação.

A Toshiba é a mais nova integrante na corrida dos wearables. A empresa anunciou nesta segunda-feira, 06, um protótipo de óculos inteligente, de olho na concorrência com o Google Glass, mas com a promessa de ser mais barato.

Chamado Toshiba Glass, o dispositivo conta com um pequeno projetor preso junto a uma das hastes do óculos, próxima a lente, o que dá o efeito de display de realidade aumentada ao aparelho, semelhante ao que faz o Google Glass.

Segundo destaca a PC World norte-americana, embora as tecnologia de projeção sejam semelhantes, a da Toshiba não conta com um prisma sobre a lente para refletir a imagem frente aos olhos.

Com isso a diferença é que no óculos da Toshiba, a imagem é composta por uma série de prismas verticais e finos, que são imperceptíveis quando se enxerga através da lente, mas capaz de obstruir a visão quando reproduzindo uma imagem frente ao olho.

Pesandro apenas 42 gramas - mesmo peso do Google Glass - o óculos da empresa é bem menos impressionante que o do Google. Para começar, ele não é wireless - é preciso conectá-lo a um smartphone para funcionar. Segundo a fabricante, a razão disso é que o óculos não conta com bateria embutida.

The other they’re less impressive is that Toshiba Glass isn’t a full-blown computer. It’s really just a display system that connects to your smartphone.

Entretanto, o plano da Toshiba é lançar o produto com preço mais acessível que o Google Glass, que é comercializado ainda em oferta limitada por cerca de US$ 1,5 mil. A expectativa da Toshiba é lançar seu óculos no ano que vem no Japão e Estados Unidos.