Softtek quer ir ainda mais alto nas nuvens. Foto: Flickr.com/cltn

A Softtek, especializada em serviços de TI, anuncia a criação de um Centro de Excelência em Cloud Computing (CCoE) no México, onde pretende empregar 100 profisisonais.

A empresa define a estrutura como o “primeiro grande centro” do gênero na América Latina e promete estabelecer outro semelhante no Brasil em 2013, para onde projeta contratar 60 especialistas certificados em cloud.

O CCoE mexicano irá oferecer quatro modelos de serviços: arquitetura e consultoria; migração e desenvolvimento de aplicações na nuvem; serviços gerenciados para hospedagem e suporte de aplicações.

José Maria Gudiño, diretor de Inteligência de Mercado da Softtek no Brasil, explica que a replicação da estrutura no Brasil faz parte da estratégia da empresa para crescer um mínimo de 25% ao ano no país a partir de 2013.

Em 2012, o crescimento local será de 20%, conta ele. Hoje, o país é o segundo mercado mais importante entre as entre as operações da companhia para ofertas de cloud computing, segundo ele.

“Em cloud computing, há oportunidades para se preencher um gap relacionado a estratégias de execução de serviços, chance esta para o que os analistas prevêem um crescimento superior a 300% nos próximos três anos", destaca Gudiño.

Com aproximadamente seis mil colaboradores em 30 escritórios, a Softtek está presente na América do Norte,América Latina, Europa e Ásia.

A estrutura conta com nove centros globais de entrega no México, China, Brasil, Argentina e Espanha.

No Brasil, a empresa faturou R$ 170 milhões em 2010, último exercício divulgado.