Reginaldo Suda, diretor Comercial da Telium. Foto: Baguete

Com investimento de R$ 2 milhões, a Telium Netowrks inaugura em janeiro de 2013 sua rede wireless em Porto Alegre, com meta de cobrir toda a área da capital com internet de alta velocidade ao longo do próximo ano.

É o segundo investimento anunciado pela companhia na cidade em 90 dias: em agosto, a Telium inaugurou em Porto Alegre seu sétimo data center, que levou montante de R$ 4 milhões e se somou às estruturas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Santos e Miami.

Segundo o coordenador de Produtos da empresa, Adriano Matarazo, com a nova rede wireless a meta é incrementar a oferta da área de cloud computing.

“Com a nova infraestrutura, muitos clientes procuram a solução cloud para melhorar sua produtividade e disponibilidade dos dados para qualquer tipo de negócio”, explica ele.

Recentemente, a Telium evoluiu sua solução de nuvem com a versão 1.1 do Dashboard, que agora permite aos usuários controlarem os dados, administrarem servidores, rede, discos, firewall e balanço de carga.

Além disso, há serviço de feedback e monitoramento da transferência de dados.

Tudo com base no data center recém aberto em Porto Alegre, resultado da compra, em 2011, da DataDrome, gaúcha focada em hosting e colocation.

Com a instalação do centro na capital, os cerca de 200 clientes que vieram da carteira da DataDrome e foram co-localizados em terceiros, vem sendo transferidos gradativamente para o novo espaço.

Reginaldo Suda, gerente comercial da Telium, explica que a empresa já concluiu 50% do processo de migração da base instalada para o novo data center.

“É um processo lento devido à complexidade de determinadas aplicações que funcionam ininterruptamente e, para isso, é necessário garantir a máxima estabilidade e velocidade no acesso aos dados”, explica Suda. “Temos expectativa de conclusão até dezembro”, completa.

A estrutura porto-alegrense conta com 33 racks, mas tem capacidade de expansão até 84, e já nasceu em nível Tier 2, certificação internacional relacionada a quesitos de hospedagem, segurança, capacidade e recursos de energia, climatização, controle de acesso e monitoramento.

Os investimentos na cidade fazem parte de uma estratégia para incrementar a receita no Sul, onde o plano é faturar em torno de R$ 2,5 milhões em 2013.

No geral, a Telium projeta crescer 40% em 2012 sobre os R$ 25 milhões faturados no ano passado.