Genaro Garcia Dominguez. Foto: divulgação.

A Internexa, companhia de telecomunicações do grupo colombiano ISA, anunciou a aquisição da NQT, empresa que atua no mercado atacadista de transporte de dados e acesso à internet no estado do Rio de Janeiro.

Com a aquisição Internexa passa a contar a rede de 2,7 mil quilômetros de extensão da NQT, absorvendo também em sua base de clientes operadoras de telecomunicações de médio e grande porte, algumas das quais oferecem serviços ao setor energético.

A compra, que custou R$ 200 milhões aos cofres da Internexa, é um dos passos da empresa para expandir suas operações no País, com planos de atingir até 10 % do mercado de carriers em três anos.

Entre 2014 e 2016, a companhia pretende investir US$ 250 milhões na América Latina e tem o Brasil como um de seus focos de desenvolvimento.

Além da transação no Rio de Janeiro, a Internexa está investindo no estado de São Paulo, onde a companhia implantará 4 mil quilômetros de fibras ópticas utilizando as estruturas e linhas de transmissão da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), empresa da qual a ISA detém controle.

Para Genaro Garcia Dominguez, presidente global da Internexa, a aquisição da NQT e a implantação das redes de fibras ópticas em São Paulo estão em sinergia com o modelo de negócios da Internexa e sua estratégia de expansão no país.

"Temos grande experiência na operação de redes de fibras ópticas com expressivos resultados na Argentina, no Chile, na Colômbia, no Equador e no Peru. O Brasil vive um momento ímpar de desenvolvimento e vai demandar cada vez mais infraestrutura de alto nível. Isso representa uma grande oportunidade para nossos negócios”, comenta.