CORONA

Lamb assume Comitê de Dados da Covid no RS

07/12/2020 07:02

Secretário de Ciência e Tecnologia lidera grupo que apoia decisões relativas à pandemia.

Luis Lamb.

Tamanho da fonte: -A+A

Luís Lamb, secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, acaba de assumir como coordenador do Comitê de Análise de Dados, responsável por embasar as decisões do estado no combate ao coronavírus.

A atual líder do Comitê de Dados, a ex-secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão Leany Lemos assumiu a presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Lamb coordena também o Comitê Científico, que reúne profissionais de áreas da ciência, saúde e tecnologia e investe em gerar e fornecer informações e dados científicos que também ajudam nas decisões do governo.

O secretário tem experiência nos dois temas. Lamb fez carreira na UFRGS, onde foi pró-reitor de Pesquisa e presidente do Instituto de Informática.

O Comitê de Dados oferece projeções de cenários e indicadores para nortear e subsidiar as ações do governo por meio de análise de projeções e estudos de caso sobre os mais diferentes setores. 

O trabalho do grupo está por trás das bandeiras do modelo de Distanciamento Controlado, pelo qual o Rio Grande do Sul avalia o status do coronavírus em diferentes regiões do estado.

O comitê também é responsável pela elaboração de estudo sobre os cenários da Covid-19, com atualização diária, a partir de três cenários (extremo, agressivo e moderado), levando em consideração a experiência de outros países e estados.

Até agora, o Rio Grande do Sul vem se saindo bem no combate ao vírus. Com 7 mil óbitos em uma população de 11,4 milhões, o estado tem uma das menores taxas do país em mortes por Covid-19 para cada grupo de 100 mil habitantes. 

A crise está longe do fim, no entanto. De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES), o estado tem uma das maiores taxas de crescimento de novos casos e de mortes do país.

Alguns especialistas dizem que o estado pode estar inclusive na fase mais difícil de combate à Covid-19 desde o começo da pandemia.

Na macrorregião metropolitana, que inclui a capital, cidades próximas e do Litoral Norte, muito visitado no verão, o índice de ocupação de UTIs chegou a 100% no final de semana.

A ocupação de leitos em UTI no estado como um todo está acima de 80%, quase metade das internações se deve à Covid-19. 

Frente à escalada dos indicadores, o governo do estado anunciou 190 novos leitos no SUS, o que representa cerca de 7% dos 2,5 mil já existentes hoje.

Veja também

CASE
Como o Uruguai está vencendo o coronavírus

País teve poucas mortes por uma combinação de testes e tecnologia, com destaque para um aplicativo de celular.

IMAGEM
Covid deixa autoestima da TI em alta

Pesquisa da Citrix mostra que 91% acredita que o departamento está mais valorizado do que nunca.

LADO POSITIVO
Coronavírus foi bom para os CIOs?

Grandes migrações para home office ajudaram TI a se aproximar dos CEOs, afirma o Gartner.

SP
Jundiaí responde dúvidas sobre Covid-19 com Watson

Solução foi desenvolvida pela Masterdom usando a inteligência artificial da IBM.

EFEITOS
Oracle sente o coronavírus

Faturamento caiu 6% no último trimestre, deixando o ano fiscal 2020 com queda de 1%.

FUTURO
Coronavírus mostra o poder da manufatura aditiva

Ao redor do mundo, impressoras 3D estão sendo usadas para produzir equipamentos médicos.

REAÇÃO
Arezzo vira case na crise com tecnologia

Companhia acelerou muito as vendas online dobrando o volume de vendas em dois meses.

MEDIDAS
Linx corta vales de quem está em home office

Medida afeta vales de alimentação e refeição de quem ganha acima de R$ 2090.

FALHA
Nova exposição de dados no Ministério da Saúde

Desta vez, credenciais de sistema estavam expostas na função “inspecionar elemento” dos navegadores.

ESTRAGO
Vazamento expõe dados de quem fez teste da Covid-19

Funcionário do Einstein teria publicado senhas que dão acesso a informações de 16 milhões de brasileiros.

MINAS GERAIS
Santa Casa monitora risco de Covid-19 com Cyberlabs

Aplicativo mede temperatura e controla sintomas de funcionários e visitantes no acesso ao hospital.