IPTV vai bombar a partir deste ano, aponta consultoria. Foto: divulgação.

O aumento da oferta de serviços de TV pela internet (IPTV) trará uma radical mudança de perfil de consumo na América Latina a partir de 2013, segundo destaca estudo divulgado pela consultoria Frost & Sullivan.

Segundo o analista-líder de telecom da consultoria, Renato Pasquini, as operadoras de serviços triple play investirão em pacotes convergentes, com opções de personalização e novos serviços agregados.

"A tendência é de que o público gradualmente migre de programações lineares para conteúdos personalizados e interativos", prevê o analista, citando também o aumento da oferta de Smart TVs como outro incentivo para a aceitação do conteúdo televisivo online.

PERSONALIZAÇÃO
Usuários sincronizando suas preferências de programas e filmes com contas de redes sociais, compras de conteúdos via carteira eletrônica (m-wallet) e conexões com dispositivos móveis fazem parte deste futuro, afirma o analista.

"Por exemplo, o usuário poderá consultar e programar as atrações que deseja ver através de um smartphone ligado à internet e pode compartilhar esta informação com amigos", explica.

Outros apps também poderão ser disponibilizado pelo meio a partir de 2013, como serviços bancários e de e-commerce. Segundo Pasquini, ainda não é possível saber em que grau esta migração se realizará.

FIBRA ÓTICA
Segundo o estudo da Frost & Sullivan, um dos aspectos que também impulsionarão esta mudança será o aumento da velocidade nos serviços de banda larga, com o investimento das operadoras na ampliação de suas redes de fibra ótica.

De acordo com a consultoria, cerca de US$ 43,9 bilhões serão destinados às redes FTTH (fiber-to-the-home), especialmente nos países desenvolvidos.

"Acreditamos que em 2013 haverá um aumento na oferta de pacotes de FTTH diretamente para o consumidor e as operadoras devem reforçar suas redes VDSL para aumentar a velocidade em seus pacotes", frisa Pasquini.

CONVERGÊNCIA
Um exemplo deste investimento em ultra banda larga no Brasil é o da GVT, que anunciou nesta semana o lançamento da velocidade de 25Mbps para clientes dos pacotes triple play.

Comercializada a R$ 69,90 mensais no Power Combo GVT (telefonia fixa + banda larga + TV por assinatura), o objetivo da empresa é agregar qualidade de desempenho para atender às necessidades dos clientes.

"Nosso objetivo é entregar a qualidade e o desempenho necessários para a casa convergente onde uma pessoa posta conteúdos em redes sociais enquanto assiste TV e outra monta uma playlist no computador para ouvir no smartphone ao mesmo tempo em que uma terceira joga online no tablet”, afirma o vice-presidente de Marketing da GVT, Marco Lopes.