Luiz Carlos Zancanella Junior

A Safeweb acaba de certificar junto ao Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), órgão vinculado à Casa Civil que mantém a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), o primeiro certificado digital desenvolvido totalmente internamente por uma empresa privada no Brasil.

O software da empresa gaúcha foi desenvolvido em código C# da Microsoft, ao contrário do padrão de mercado, que é fazer desenvolvimentos sobre o padrão open source EJBCA.

Segundo Luiz Carlos Zancanella Junior, vice presidente da Safeweb, a mudança do código do certificado é transparente para o usuário, mas significa um aumento de autonomia tecnológica e margem de manobra comercial para a companhia.

Presente em 160 postos de atendimento em 15 estados brasileiros e Distrito Federal, a Safeweb investiu em maio do ano passado R$ 5 milhões em equipamentos para a sua sala cofre em Porto Alegre, como parte dos esforços para estar compliance com as regras do ITI.

Além da emissão de certificados digitais, a Safeweb oferece soluções ao Sistema Público de Escrituração Digital brasileiro (SPED), tais como NF-e, NFS-e, NFC-e, CT-e e MDF-e, bem como sistemas voltados à Segurança da Informação como o eVoto, Certificado de Atributo e Administração Municipal sem Papel (AdM-p).