AGRO

Cocamar amplia uso de Virtual Apps da Citrix

08/01/2021 13:53

Cooperativa chegou a 1,5 mil licenças do produto, o que ajudou na pandemia.

Unidade da Cocamar.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cocamar, uma das maiores cooperativas agroindustriais do país, quase duplicou a quantidade de licenças da solução de virtualização de aplicações Virtual Apps da Citrix, saltando de 800 para 1,5 mil licenças do produto.

Com o upgrade, a empresa passou a entregar desktop compartilhado e novas ferramentas a seus 15 mil cooperados e 300 colaboradores só na central. O ambiente virtual tem picos de 1 mil usuários online de forma simultânea.

Ao todo, a Cocamar tem 90 unidades operacionais distribuídas em três estados (Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul).

Na primeira fase do projeto com a Citrix finalizada em 2007, a cooperativa enfrentava sérias dificuldades com manutenção no setor de TI em 30 unidades operacionais.

Hoje a empresa possui dois datacenters terceirizados (um primário em Curitiba) um DR (disaster recovery) em São Paulo e um data center próprio na sede em Maringá, todos preparados para receber Citrix. 

Possuem também três Citrix ADC, solução para balanceamento de carga e entrega de aplicações, configurados para acesso externo e redundância, sendo que a maioria dos workloads estão em Curitiba.

O investimento em ampliar o uso de tecnologia Citrix aconteceu antes da pandemia do coronavírus, o que garantiu algumas vantagens para a Cocamar na hora de implementar políticas de home office.

“A infraestrutura robusta que já tínhamos implantada fez a toda a diferença nessa mudança. Vimos no mercado empresas correndo com PCs debaixo do braço e abrindo VPNs enquanto nós apenas concedemos acesso ao usuário com facilidade e segurança”, afirma Paula Cristina Agulhas Rebelo, gerente executiva de TI e Gestão.

Em relação à segurança, ela explica que a cooperativa não libera acesso a VPN para o usuário, uma vez que tudo é feito via plataforma Citrix. 

“Tivemos o recorde de recebimento de grãos em 2020 que contabilizamos 3,5 milhões de toneladas. Se a infraestrutura parasse apenas por um dia, representaria um prejuízo na casa de milhões de reais”, diz Rebelo.

Veja também

INFRA
Santa Clara: ambiente 100% em hypervisor Nutanix

Durante a pandemia, cooperativa iniciou a terceira fase do projeto com a integradora TechChannel.

CANA-DE-AÇÚCAR
Usina Lins garante operação remota com Citrix

Com mudança no modelo de negócios, empresa separou ambiente de TI e adotou o desktop remoto.

HOME OFFICE
Unimed Fesp tem trabalho remoto com Citrix

Projeto da Federação das Unimeds de São Paulo contou com consultoria da integradora AddValue.

COMUNICAÇÃO
SPDM implementa Office 365

Com consultoria da Brasoftware, empresa migrou 8 mil contas de e-mail.

PARCERIA
Brasoftware no topo do canal Autodesk

Empresa é o segundo canal no nível Platinum da americana no Brasil.

NOVINHO
Cooperativa Agrária migra para S/4 Hana

Upgrade foi entregue pela SPRO IT Solutions, parceira paranaense com foco em agronegócio.

INFRA
Sicoob Cocred investe R$ 5 milhões em data center

Em projeto próprio, cooperativa de crédito adotou solução da Nutanix com a integradora LGTi.

COOPERATIVA
Coprel adota soluções da Sonda

ERP, billing e outras soluções foram implementadas na cooperativa gaúcha.

SEGURANÇA
Allianz Partners: adequação ao PCI DSS com NetSecurity

Seguradora implantou a autenticação de duplo fator RSA Authentication Manager.

AGRO
Cotrijal: armazenagem com Pure Storage

Projeto com tecnologia Flash foi entregue em uma semana pela Adentro.

SAÚDE
Unimed Noroeste RS: WhatsApp com Lettel Data

Desde maio, já foram mais de 25 mil mensagens para serviços como solicitação de fatura.

EXCLUSIVO
Unimed VTRP adota CRM da Receiv

Plataforma da fintech é voltada para o processo de cobrança de clientes inadimplentes.