Totvs e MV disputam o mercado de hospitais. Foto: Shutterstock

O Hospital Nossa Senhora das Graças, localizado em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, está trocando seu software de gestão e prontuário eletrônico da Totvs pela MV Sistemas.

A implantação do Totvs no Nossa Senhora das Graças foi divulgada em 2010 e incluía ERP, Gestão Hospitalar e ECM. Em 2014, a instituição iniciou um projeto de prontuário eletrônico, onde talvez tenham acontecido os problemas que levaram à migração.

Em nota, a MV afirma que a decisão se deu pelo fato da instituição “usar um sistema de gestão da informação com integração limitada, fazendo com que não houvesse gerenciamento consistente das áreas de negócio”.

A empresa agrega ainda que o objetivo é garantir maior integração entre todos os serviços, melhorar os resultados dos indicadores assistenciais, aumentar o faturamento, adquirir mais qualidade médica no padrão de evolução e prescrição.

O Hospital Nossa Senhora das Graças tem 268 leitos, 150 médicos e atende 3 mil pessoas diariamente. 

“Escolhemos a MV por ser uma empresa que lidera o ramo de software de gestão no segmento de saúde e possui as principais características de inovação e geração de resultados”, disse o superintendente do hospital, Régis Marinho.

A MV é uma das maiores empresas de software para saúde no país, tendo tido receita líquida de R$ 161 milhões em 2014, uma alta de 20% frente ao ano anterior.

Sobre o ano passado, a MV afirma que "superou expectativas", mas só divulgou a receita bruta (R$ 175 milhões), o que não permite calcular crescimento percentual.