Vania Schwanz Wagner.

A Dynamix, empresa de Blumenau especializada em desenvolvimento de software com forte presença na área de saúde, acaba de formar a Ziti, uma joint-venture com a italiana Grupo GPI para vender os produtos da companhia para o mercado hospitalar.

Ambas as organizações já trabalham em um cliente piloto, cujo nome não pode ser divulgado. A joint-venture não revela metas para o mercado brasileiro.

"Estamos buscando os primeiros clientes para cada solução a fim de iniciar as implantações e adequações no mercado local", revela Vania Schwanz Wagner, diretora Comercial da Dynamix.

O Grupo GPI, que atualmente soma cerca de 1,2 mil colaboradores em seis países, atende a mais de 400 instituições de saúde com soluções de gerenciamento clínico e logístico de medicamentos para hospitais e farmácias. 

Já a Dymanix tem cerca de 30 colaboradores e atende clientes na área de saúde como Unimed Seguros, Unimed Santa Catarina e Bunge Prev, além de nomes do mercado em geral como Unisul, Cultura Inglesa e o Metrô Paulista.

As soluções oferecidas pela Ziti incluirão também distribuição robotizada de medicamentos, gestão de atendimento domiciliar e RFID.

O assunto de distribuição de medicamentos está em alta no Brasil. Neste ano, a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo anunciou a implantação de um modelo de PPP inédito no país em logística, armazenamento e distribuição de medicamentos e vacinas.