Bruno Teixeira.

A NeoGrid fechou no final do ano passado a implementação de um software de nota fiscal eletrônica no Linio, o maior varejista online do Peru.

Com o contrato, a empresa catarinense especializada em soluções de supply chain fortalece mais sua posição no nascente mercado de NF-e peruano, onde já atendia Belcorp, uma gigante dos cosméticos do país, com faturamento de US$ 1,7 bilhão.

O processo de implementação da nota eletrônica no Peru está mais ou menos no mesmo estágio do Brasil em 2006, com um piloto rodando em cinco das maiores organizações do país [no Brasil foram 12].

Além dos clientes da NeoGrid estão no grupo a Euromotors, representante oficial das marcas Volkswagen, Porsche, Seat e Audi, a indústria de produtos farmacêuticos Quimica Suiza e a Evol, um player local do mercado de TI.

Segundo o diretor de vendas da NeoGrid, Bruno Teixeira, a empresa quer atender a um terço das 900 maiores indústrias do Peru com essa solução fiscal. 

O e-commerce peruano ainda é incipiente – fechou o ano passado com um faturamento de US$ 1 bilhão, contra R$ 31 bilhões do Brasil – mas a Linio tem as fichas para ser o maior player local.

Fundada em 2012, a empresa do grupo multinacional Rocket Internet já tem operações no México, Colômbia e Venezuela e investidores como o J.P. Morgan.

A Neogrid tem 600 funcionários e está sediada em Joinville, possuindo também no Brasil unidades em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. Tem atuação global e é a controladora das filiais na Ásia-Pacífico, Europa e América do Norte.