RUMOS

Testolini, ex-Sonda, assume Sigmais

08/04/2022 06:06

Startup de Internet das Coisas do Espírito Santo é novo desafio para executivo.

Felipe Testolini. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

Felipe Testolini, ex-CIO da Sonda Brasil, acaba de assumir o cargo de CEO na Sigmais, uma startup capixaba especializada em tecnologia de Internet das Coisas.

O atual CEO, Heitor Nogueira, terá uma cadeira no conselho da startup. 

Nogueira, assim como os outros fundadores da Sigmais, é um nome experiente, no mercado desde os anos 90 e com uma passagem pelo cargo de country manager da Witelcom, uma companhia norueguesa de equipamentos de infra de telecomunicações.

“Estou confiante com esse novo desafio de liderar os trabalhos da Sigmais. O mercado de IoT está muito aquecido neste momento com a retomada de projetos de muitas empresas que estavam em stand by por conta da pandemia”, afirma Testolini.

O novo CEO da Sigmais fez uma carreira notável começando como office boy com 16 anos na Procwork no final dos anos 90 e galgando posições desde então.

O profissional começou como consultor SAP Basis, assumindo a posição de diretor SAP entre 2011 e 2017.

Nessa época, a Procwork já fazia parte da Sonda, que comprou a consultoria SAP paulista em 2008 por R$ 230 milhões.

Desde 2017, Testolini era CIO da Sonda no Brasil, onde liderou projetos importantes como a implementação de soluções de gestão da SAP ou uma migração para a nuvem Azure da Microsoft.

O executivo não está conhecendo a Sigmais agora. Em 2019, a Sonda fechou um acordo com a startup para revender suas soluções. 

Fundada em 2017, a Sigmais nasceu com foco no desenvolvimento de dispositivos de comunicação de redes sem fio e com baixo consumo de energia. 

A empresa mantém um laboratório próprio de pesquisa e desenvolvimento no Espírito Santo e trabalha com tecnologia da Sigfox, multinacional francesa especializada em redes de comunicação máquina a máquina, NB-IoT da TIM e LoRa, um padrão aberto de mercado para redes de IoT.

O mercado é quente. De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Gartner, os investimentos em IoT devem ultrapassar a casa dos US$ 21 bilhões em todo o planeta até o final de 2022. 

Veja também

INOVAÇÃO
Anglo American controla CO2 com IndustryCare

Empresa desenvolveu uma plataforma para gerenciamento de ações da mineradora.

MEDICINA
Hospital das Clínicas tem projeto 5G pioneiro

Iniciativa envolve Claro, Embratel, Ericsson e a NuT.

TIME
Sousa, ex-PTC, está na Software AG

Executivo experiente vem reforçar a área comercial da multinacional alemã.

ENGENHARIA
Hyundai-Kia migra para CAD e PLM da Siemens

Saem de cena Dassault e PTC. Migrações desse porte são muito raras.

RECEITAS
Fogão da Tramontina aposta em IoT

Tecnologia embarcada no cooktop é da Ayga, startup de Luiz Francisco Gerbase.

INVESTIMENTOS
Huawei: projetos voltados à cibersegurança no Brasil

Além de ter um T-Center em São Paulo, a chinesa apoia um centro de segurança em Minas Gerais.