Tamanho da fonte: -A+A

A Scopus Tecnologia acaba de conquistar a certificação NBR ISO 14001, da área de gestão ambiental. A norma define o que deve ser feito para um Sistema de Gestão Ambiental efetivo.

Implantado em maio de 2011, o sistema inclui práticas que garantem a conservação e preservação do meio ambiente, por meio de um plano de gerenciamento de resíduos, controle dos aspectos e impactos ambientais e cumprimento das legislações aplicáveis ao negócio da empresa.

“Temos realizado diversas ações nesse sentido,  como o encaminhamento de resíduos tecnológicos (lixo eletrônico) para reciclagem em empresa especializada e a destinação adequada de outros tipos de resíduos gerados na empresa”, afirma Paulo José Carignani, diretor de Projetos da Scopus.

A empresa mantém, por exemplo, uma campanha que incentiva os funcionários a trazerem o óleo de cozinha usado em suas casas em garrafas PET, que são armazenadas e doadas para uma organização de interesse público (OSCIP) voltada para a sustentabilidade ambiental.

No caso de recicláveis em geral, a Scopus doa esses resíduos para uma cooperativa de reciclagem da região, promovendo a inclusão social de ex-catadores de lixo.

A certificação foi emitida após auditoria pela Fundação Vanzolini.

Esse processo incluiu também a auditoria de supervisão da certificação NBR ISO 9001:2008 (Sistemas de Gestão da Qualidade), que a Scopus já possui há 16 anos.

No primeiro trimestre de 2012, a empresa teve 23% de crescimento em sua receita, na comparação com igual período de 2011. O faturamento da empresa, nos três primeiros meses deste ano, alcançou a marca de R$ 173,7 milhões.

Em 2011, a receita do primeiro trimestre foi de R$ 141,3 milhões.